8 de jan de 2010

A ROSA AMARELA

Você olhava para o céu aflita
Procurava a fé perdida
Buscava nas estrelas...respostas
Mas encontrava o silêncio
Não enxergava os demais
Não sorria mais
Não sentia alegria
Não achava graça em nada
Julgava ser a pessoa mais solitária do mundo
A vida deixava de fazer sentido
Perguntava incessantemente
Onde estão os amigos?
Onde estão os amores?
Onde estão os sorrisos perdidos?
Onde estão os anjos?
Chorava
Soluçava
Sofria
Eis que de repente
Surge uma menina
Um sorriso
Uma mão estendida
Uma rosa amarela
Voce se assusta
Teme o que não conhece
A gentileza te apavora
Pergunta o nome daquela frágil criaturinha
de olhar tranquilo
Ela lhe responde : ESPERANÇA

Lindo fim de semana a todos vocês.....luz e amor.

(Edilson Cravo)


12 comentários:

  1. Gosto de rosas amarelas, mais do que esperança, pq acho meio ilusória, acredito no bem agora, e a esperança prevê um bem futuro...Ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Querido Rodrigo:

    Obrigado por sua visita e o carinho em vir até o Lua. Na verdade acho que precisamos acreditar na esperança como coisa palpável e não apenas uma projeção de algo que desconhecemos. Acho que somos movidos por metas e esperanças de sempre dias melhores. Seja muito bem vindo. Beijão e ótimo fim de semana pra ti também.

    ResponderExcluir
  3. misteriosa dona esperança ... sempre capaz de nos livrar das maiores angústias ... ainda bem ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. Querido Paulo:

    Realmente acho que seria impossível que o homem vivesse sem esperança, pois ela nos impulsiona a sermos melhores, cada dia é um dia novo para se aprender não é mesmo? Beijão e ótimo fim de semana. Obrigado o carinho.

    ResponderExcluir
  5. Ai, preciso encontrar essa menina. Rs. Bom fim de semana pra vc tb, lindo.

    ResponderExcluir
  6. A sensibilidade, coerência das palavras, o verdadeiro bom gosto pelo estilo: eis seu blog.

    Voltarei, fiquei mesmo encantado, bom espaço pra se sentir bem.

    abraço e te sigo! viva a literatura!

    ResponderExcluir
  7. O amarelo que traz esperança. Soube que o significado da rosa amarela é "dúvida com relação a um amor". O simbolismo que vc nos mostra em seu poema, Edilson, mos mostra que sempre há dúvidas na vida. Mas se tivermos coragem poderemos encontrar nelas a esperança de que precisamos.

    Bom fim de semana p vc tb!

    ResponderExcluir
  8. ESPERAÇA simplesmente lindu. adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiii gatuhhh lindu post.
    esperança é td nas nossas vidas sem esperança naum somos nada. por issu vou tatuar ESPERANÇA no meu pulso eskerdo e peaces in love no direito.
    felicidade, bom humor e esperança sempre.

    tenha um otimu fds

    bjússssssssssssssss millllllllllllll
    sdds em

    Lena

    ResponderExcluir
  9. Meu caro Edilson, excelente poema ,me imaginei como sendo a personagem do teu poema.Tantas vezes me perguntei isso e me julguei desta forma como retratas no poema.
    Muito bom mesmo.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Queridos J.M,Cristiano,Zélia,Helena e Eric:

    Obrigado de coração tão gentis palavras. Acredito que precisamos mesmo ter esperanças de dias melhores, acreditar na força interior de cada um de nós e também acredito que todos nós deveríamos ser instrumento de propagação da idéia de sermos sempre otimistas. Tenho certeza que ter pensamentos positivos é um dos primeiros passos para nos tornarmos pessoas mais felizes.Bjss a todos e linda semana.

    ResponderExcluir
  11. Que louco ... não estou conseguindo comentar aqui ... vamos lá tentar de novo ...

    Ainda bem que existe a menina Esperança em nossas vidas ... este seu poema, lindo lindo, me lembrou uma canção interpretada por Vânia Abreu ... Misteriosa Dona Esperança ... se não conhece ouça:

    http://www.youtube.com/watch?v=jpIwjRO6wxY

    Misteriosa dona esperança
    Que invade os rios da solidão
    Estou aqui com a minha criança
    Querendo o teu sorriso
    O que eu mais preciso
    É pegar na sua mão
    Não deixa que eu seja insegura
    Guia-me pela noite escura
    Proteja-me do mal
    De toda presunção
    Faz meu canto ser a oração
    Misteriosa dona esperança
    Que dança com as luzes do céu
    Levai contigo a minha lembrança
    De estar no teu abrigo
    A força de um amigo
    Ai quando bate o coração
    Não deixa que a virtude se perca
    A mãe de todas as recompensas
    Da terra és o sal
    De toda aflição
    Faz do meu amor minha canção

    Obrigado por seu carinho lá no meu blog

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  12. Querido Paulo:

    Que linda letra, quanta sensibilidade e delicadeza. Obrigado por teu carinho também...rs Beijoooo no coração.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.