12 de fev de 2010

SINCERAS INTENÇÕES

Palavras são tão necessárias
Mas ás vezes me faltam
Não acho a solução
Ás vezes não entendo
Se existe verdade na dor
Na falta de explicações
Mentiras contadas muitas vezes
Com tanta convicção
Tornam-se verdades irrefutáveis, ou não
Não sei o que é certo
Quem inventou o errado
Onde mora a resposta?
Talvez em um longínquo castelo
Chamado Razão
Onde estão as respostas
para o que não tem respostas?
Ontem sonhei com um mundo perfeito
Mas o que é a perfeição?
Se não a criação de algum louco presunçoso
brincando de ser Deus
Talvez não exista o sim e o não
Talvez não existam respostas
Só me restam
As sinceras intenções

(Edilson Cravo)

18 comentários:

  1. Que texto perfeitoo Edilson...
    Vou guardar no coração ♥
    Bjos meu amigo
    E fds prolongado mara...
    =)

    ResponderExcluir
  2. ter intenções sinceras é algo realmente difícil no SER ... mas seria o ápice de plenitude ... assim todos os SIMs seriam SIMs e os NÃOs seriam NÃOS ... não teríamos espaço para a hipocrisia


    linda reflexão revestida de lirismo ... marca registrada do amigo Edilson ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  3. Duas palavrinhas que podem mudar tudo na vida de uma pessoas, principalmente quando são ditas de forma sincera.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. olá td bem?

    ah, me identifiquei tanto com este poema...!
    acho que mna verdade não existe uma verdade absoluta e uitas vezes não existe resposta, apenas vivemos. e viver é bom! a mera intenção de viver!

    beijo,

    eros

    ResponderExcluir
  5. que lindo :)
    Adorei esse poema !
    Ah, e quanto ao Lost, vale a pena assistir viu ! Só não vale parar na metade ! ASUHAUSHAUSHAUSH

    beijão !

    Bom Carnaval !

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo que texto lindo. Vale a intensidade e sinceridade do momento.
    Acho que ja ta na hora de vc nos brindar com um livro. Ja pensou nisso?
    Bju e bom feriado.
    Jay

    ResponderExcluir
  7. Edilson, meu querido!

    Me perdoe a ausência. Primeiro, tive problemas com a net. Depois, tentei vir aqui algumas vezes, li textos mas saia correndo sem ter tempo de comentar. Não da forma que eu gosto e da forma que os teus textos merecem. O tempo me falta e eu tenho uma relação conflitante com ele. Por isso, não saem tantas postagens no meu blog. Mas não me preocupo com o meu blog. Ele cumpre o seu papel direitinho. Eu sinto é falta de andar nos blogs que eu curto e soltar meu verbo. Vc vai se acostumar comigo. Hehehehe!

    Leio as tuas "sinceras intenções" e me vem um verso contrário ao teu primeiro verso. É do grupo Depeche Mode: "Words are very unnecessary" in: Enjoy the silence (Permita-me: "As palavras são totalmente desnecessárias"). Tanto uma coisa quanto a outra, vai depender do contexto. Agente vai acertando, errando e assim, a vida se faz.

    Bj e bom carnaval! ;)

    ResponderExcluir
  8. Queridos Bia,Paulo,Wanderley,Rafael,Três Egos,Má,Jay,Alê e Zélia:

    Puxa queridos amigos blogueiros como é bom receber tantos comentários positivos, estou extremamente feliz em saber que apreciam as coisas que escrevo. Jogo no blog minhas emoções, sentimentos, minhas ansiedades,minhas inquietudes,enfim, minhas impressões. Torçamos pelo livro, estou muito animado com esta idéia.Bjsss.

    ResponderExcluir
  9. Esse tipo de texto me deixa meio perdido.. Ai fico assim: Não existe, sim, não existe não, nem certo, nem errado.. O que me resta??? Um talvez??? Deus me livre.. Se assim o for fação a gentileza de mentir pra mim e continuem me fazendo acreditar que existe algum sentido pra tudo isso!!!

    ResponderExcluir
  10. essa semana aprendi que palavras nem sempre são necessárias... as vezes precisamos sentir

    ResponderExcluir
  11. oieeeeeeeeeeeeeee vc disse ki qlqr coisa eu gritasse bom...........
    MUITOOOOOOOOOOOOOOO OBRGDAAAAAAAAAAAAAAAAA POR TUDOOOOOOOOOOOO MEU GRANDI E ETRENOOOOOOOOOOOOOOOOOO MIGOHHHHHHHHHHHHHHHHH VALEUUUUUUUUUUUUUUUU PELAS PALAVRASSSSSSSSSSS EPELASS AJUDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
    rsrsr... como podi ver to voltando apos a cada xeia di graça como sempre, a ajuda dos amigohs , a sua ajuda foram fundamentais.
    kero t dar a crtzz se um dia precisar di mim pra conversar, desabafar, chora, sorrir estamus ai.
    e se um dia precisar di dinhiro emprestado, naum me pessa rsrsr.......rsrsr.... to brinkandu opra descontrair rsrsrr.....
    mt obrgdd por td pessoas assim comu vc saum a diferença e pessoas assim c/ vc me daumn uma alegria enorme em ter meu blog.
    falando serioooooo mesmuuuuuuuuuuuu


    mt obrgdd te adooooooooooooooooooooooooooooooooro

    10gatuhsss rsrr...

    bjússssssssssssssssssss milllllllllllllll

    Lena

    ResponderExcluir
  12. Brilhante texto...e, essa imagem ficou perfeita.

    abraços

    Hugo

    ResponderExcluir
  13. MUITO belo. Sinceras intenções é bastante direto.

    ResponderExcluir
  14. Queridos Gato de Cheshire,Mauri,Lena,HSLO e Enrique:

    Que gostoso que cada um a sua maneira consegue ler e digerir o texto de alguma forma. A intenção da escrita é gerar reflexão e agitação nas emoções. Bom demais saber que atinjo meus objetivos. Beijooos e obrigado o carinho de todos vocês.

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pela visita

    aqui tb tem sinceras intenções. :)

    Abraço. Espero que o carnaval tenha sido bacana.

    ResponderExcluir
  16. Olá, meu querido!

    Estou de volta, morrendo de saudades
    dos amigos!

    Espero que o feriado tenha sido bom
    para você!

    Seu poema é intenso, e nos provoca a reflexão...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Queridos Alvaro e Dalva:

    Que alegria receber os comentários de vocês. Realmente acredito que precisamos sempre ter sinceras intenções se quisermos construir uma atmosfera de amor e paz em nossas vidas. Beijoss e obrigado.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.