11 de nov de 2010

O PODER DA MÃO ESTENDIDA


Foto extraída do filme "Um Sonho Possível", em que uma família resolve ajudar um jovem necessitado, acreditando no sonho do mesmo
Quantos de nós em algum momento de nossas vidas, talvez em uma situação-limite, crucial de nossas existências não pedimos fervorosamente a ajuda de alguém ou a situação inversa aconteceu? Apesar de existir uma parcela mínima de pessoas que ainda acreditam piamente que não dependem de ninguém ou que se fizeram sozinhas na vida, eu lhes digo: pura tolice, engodo, mentira deslavada. Todos nós dependemos de todos o tempo todo. Alguém consegue viver sem receber absolutamente nada do Universo? Precisamos do mínimo para nos sentirmos amados e queridos desde a mais tenra idade. Quando pequenos dependemos dos nossos pais ou responsáveis para que consigamos ter uma infância sadia e plena. Depois na adolescência sentimos a necessidade de sermos aceitos por um determinado grupo de pessoas que serão o esboço do que chamaremos de amigos mais tarde. Na vida adulta dependemos das escolhas que faremos, pois elas irão determinar nossas vidas, onde estudaremos, com quem nos relacionaremos, qual será nossa profissão, quais sonhos escolheremos para abraçar e etc.

Resolvo abordar este tema para desmistificar de uma vez por todas esta falsa idéia, esta tola convicção que muitos têem de dizerem que se fizeram sozinhas e não precisam e nem dependem de ninguém para serem realizadas, mas isso é um terrível engano. Precisamos o tempo todo de alguma coisa. A criança quer sentir-se amada pelos pais, o adolescente quer ser aceito por seu grupo, o homem de negócios quer ser bem sucedido na carreira que abraçou, a mulher quer realizar várias sonhos, enfim o Homem é movido por sonhos e conquistas mas para atingi-las é preciso suor,suor,suor e inspiração. O homem não é uma ilha e por vivermos em sociedade foi instituída a relação de troca, seja afetiva, material, intelectual e espiritual. A dependência neste caso é saudável e benéfica. Ninguém precisa ser coitadinho, a vítima das vítimas, mas pode exercitar dentro de si mesmo a capacidade da humildade de reconhecer erros e fraquezas e buscar a melhoria como um todo.

Quando falo em estender a mão não me refiro apenas aquela questão do assistencialismo puro e simples, mas também do estender nossas mãos dando um sorriso para um vizinho, um bom dia para um total estranho no elevador, sendo solidário e humano com as pessoas que nos cercam. O mundo carece do seu sorriso. Do seu sincero sorriso. Da vontade sincera de fazer o seu melhor. “Estender a mão” em minha opinião é a lição mais preciosa que Deus nos ensina todos os dias, pois Ele nos convida a refletirmos sobre o quanto estamos nos doando aos nossos semelhantes. Quando praticamos o bem automaticamente estamos conseguindo gerar uma onda de bem-estar profunda e este processo desencadeia uma série de outras situações positivas. Sinto que vivemos tempos de uma carência absurda e o Homem mas do que nunca necessita ajudar e ser ajudado porque precisa voltar a se sentir útil. Quando conseguimos abandonar nossos pequenos egos, as vaidades bobas que nos impedem de crescer, nossos mundos paralelos e nos deparamos com a aspereza das dificuldades conseguimos também vivenciar o amor que Deus nos deixou como maior legado. Vamos aproveitar e fazer uma reflexão profunda do quanto temos estendido nossas mãos nos últimos tempos? Esta reflexão nos sinalizará se estamos ou não fazendo o nosso melhor.

È impressionante mas eu sinto um prazer enorme em poder fazer o bem aos meus semelhantes, nem que seja através da minha escrita. O blog me proporciona momentos de profundas reflexões e uma das grandes recompensas de manter o este espaço bonito e pulsante é saber que posso de forma direta ou indireta ajudar alguém. Quando escrevo estendo não apenas minhas mãos, mas meu coração, coração este que tem vontade de abraçar o mundo.

9 comentários:

  1. kkkkkkkk queridoooooo estou aqui rindo com o seu comentário... hahaha
    Passei rapidinho pra deixar beijo, beijo, mas volto pra te ler como vc merece, viu?!
    She

    ResponderExcluir
  2. vc tem dignidade querido ... simples assim

    ;-)

    ResponderExcluir
  3. Todo o bem que externamos volta pra nós.

    Abração!

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    Fazer o bem sem olhar a quem é um ato de amor.
    Como o amor é que salvará a humanidade, eu vivo distribuindo amor, gosto de me doar as pessoas sem medida.
    Linda sua postagem, mostra que tens um doce coração.
    Tenha uma noite especial.
    Carinhosamente, Lady.

    ResponderExcluir
  5. Primeiro o filme da foto é maravilhooosoooo!!
    Segundo vc é uma pessoa boa!
    Pronto falei!
    abraçooo!

    ResponderExcluir
  6. Eu discordo. Dá sim pra se viver isolado de tudo e de todos. É a vida que muitos querem. É a vida que muitos tem. E outros não se imaginam vivendo de outra forma.

    A vida é muito doida e muito abrangente para que estabeleçamos padrões...

    Beijos Edilson!

    ResponderExcluir
  7. gentileza gera gentileza, e é uma pena, são poucos (e raros) que pensam assim.

    orgulho de ti.

    bom finde.
    bj

    ResponderExcluir
  8. Nada de bom fizemos fica oculto aos olhos de Deus.
    Bjão

    ResponderExcluir
  9. Paulo - Obrigado. Pra mim é natural ser bom, o contrário disso me causa estranhamento. Lindo fim de semana. Abraço bem grande.

    S.A.M - Procuro externar sempre o meu melhor, acho que todos deveríamos ser assim, a vida seria melhor,né?rs Abraços e lindo fim de semana.

    Lady - Obrigado pela visita e acima de tudo pelas palavras tão carinhosas. Fico extremamente feliz em saber que ainda valorizam a bondade e os sentimentos nobres. Lindo fim de semana. Seja bem-vinda. Beijoo.

    Vanderson - Ai..rs fico feliz com teu carinho pois sei que é genuíno. Obrigado e mais obrigado..rs. Lindo fim de semana. Abraços.

    Lobo - Queridão, sua opinião aqui sempre é muito bem-vinda e aqui é um espaço democrático. Não concordo com vc tb, mas continuo gostando de vc do mesmo jeitim...rs. Lindo fim de semana. Abraços.

    Rodrigo - Fico feliz que pensamos assim...rs. Lindo fim de semana e um forte abraços. Obs: Tava com saudades de ti.

    Wanderley - Eu faço o bem pensando apenas no bem e tb no que a minha atitude gerará no outro e no universo..simples assim...rsss. Lindo fim de semana e obrigado sempre por estar aqui. Abraços.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.