18 de abr de 2011

TEMPO DE REFLETIR

Impossível não discutirmos a respeito do assunto do momento, que é o BULLYING. Em todas as rodas de bate papo de amigos, o assunto é recorrente. O que leva alguém a entrar em uma escola e tirar a vida de 12 adolescentes inocentes? A explicação mais sensata talvez seja a associação de lembranças traumáticas associadas ao bullying. Como todos bem sabem, a escola sempre foi um lugar de grandes conflitos devido à grande diversidade de pessoas. Difícil imaginar uma pessoa que não tenha sido alvo de piadinhas e de brincadeiras maldosas, mas e quando a brincadeira fica séria e transforma-se num conflito pessoal impossível de ser esquecido, deixando o indivíduo extremamente sequelado?

Eu não tenho vergonha em admitir que também sofri na infância e na adolescência de tal mal. Ouvi muitas coisas negativas e fui alvo de muita maldade por boa parte de alunos que estudavam comigo. Graças a Deus e a minha família, sempre me senti muito amado e querido, então, de certa forma, não me deixava abater em função das coisas que sofria naquela época, mas nem todos têm a mesma força que tive, nem recebem ( ou percebem) o amor de suas famílias.

Sempre achei que a escola deveria ser um lugar que abraçasse as diferenças e respeitasse a individualidade de cada criança que ali se encontra, mas pude perceber na própria pele que a escola é apenas uma parte da sociedade. O papel de educar de fato cabe à família, os pais que devem dar exemplos positivos a seus filhos e não incentivá-los à ignorância e ao preconceito.

Os filhos serão nada mais que reflexo de seus pais. O papel da família tem de ser muito bem estruturado dentro da cabeça de uma criança. Não importa de que forma será formatada essa família. Não podemos e não devemos ser hipócritas, pois vivemos uma nova era, uma nova época e consequentemente precisamos pensar no modelo “nova família”. Se será um casal convencional, ou se serão dois pais, duas mães, mãe e avó/avô, tio e tia, o que seja, o primordial é que a criança cresça e possa se desenvolver em um ambiente de amor, afetividade e respeito às diferenças.

Fico extremamente triste quando vejo casos como desse rapaz que invadiu a escola de Realengo. Que noções de amor, afetividade e família ele conseguiu absorver? Ele, de fato, foi criado num lar com base sólida? Provavelmente sofreu calado durante anos gozações e deboches dos colegas de escola sem ao menos conseguir que seus familiares percebessem e pudessem ajudá-lo em relação à dor que ele sentia. Em nenhum momento quero defender a atitude descabida dessa pessoa, mas quero convidar vocês a refletirem comigo sobre o quão danoso pode ser o bullying na vida de um indivíduo. Não podemos esquecer que isso diz respeito a todos nós: os que sofreram bullying e os que praticaram tal modalidade. As escolas deveriam voltar a ensinar moral e cívica aos seus alunos ( eu aprendi e apreendi uma noção muito forte que vivemos em sociedade e precisamos respeitar uns aos outros, mas infelizmente muitos não comungam dessa opinião).


Imagem extraída do Google Imagens

7 comentários:

  1. Olá menino
    Assunto bem delicado esse. Realmente várias crianças são vítimas de brincadeiras e chacotas de colegas, e nem todos reagem da mesma forma. Para alguns isso não passa de bincadeiras, outros não conseguem conviver com o problema. A família é fundamental nesse processo. O que não podemos a justificar todo ato de violência, como sendo o agressor vítima de bullying, isso é uma forma bem simples de resolver a questão.
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Triste a gente sempre fica. E bullying é uma coisa séria. Mas associar o massacre ao bullying, acho que não, sabe. Só se ele ainda estivesse vivo saberíamos de verdade.

    Um beijo Edilson!

    ResponderExcluir
  3. A nossa alegria supera nossa tristeza, nosso consolo supera nossa dor, nossa fé supera nossa dúvida, nossa esperança supera nosso desespero, nosso entusiasmo supera nosso desânimo, nosso sucesso supera nosso fracasso, nossa coragem supera nosso medo, nossa força supera nossa fraqueza, nossa perseverança supera nossa inconstância, nossa paz supera nossa guerra, nossa luz supera nossa escuridão, nossa voz supera nosso silêncio, nossa paciência supera nossa impaciência, nosso descanso supera nosso cansaço, nosso conhecimento supera nossa ignorância, nossa sabedoria supera nossa tolice, nossa vitória supera nossa derrota, nossa ação supera nosso tédio, nosso ganho supera nossa perda, nossa resistência supera nossa fragilidade, nosso sorriso supera nosso choro, nossa gratidão supera nossa ingradidão, nossa riqueza supera nossa pobreza, nosso sonho supera nossa realidade... Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo! (Pr. Edilson Ram)Uma semana de vitórias Deus é com tigo creia! TENHO UM BLOG GOSTARIA DE TI CONVIDAR SEGUIR O ENDEREÇO É:http://SNSDEUS.BLOGSPOTFICA COM NOSSO PAPAI já estou te seguindo te encontrei através de uma amiga,post teu comentario vai ser uma benção prs seguidores e visitantes uma semana feriado de pascoa,com muita sorte de benção!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu era uma praga na escola e vivia "bulinando" os outros... vergonha!!! Mas nessa idade sabe como é, ne? É matar ou morrer... hehe!
    Se ficou boa? Meu filho, tudo - e eu disse TUDO - que faço fica bom. Vem provar, vem. Hehehehe! Hugz!

    ResponderExcluir
  5. Olá passando p conhecer o blog...
    gostei muito do post é o assunto do momento mas q existe a anos. nunca tive esse problema se tivesse não sei como reagiria...
    enfim gostei muito daki volto sempre e te espero no meu.
    bjnhus te mais ^^)

    ResponderExcluir
  6. Queridos:

    Wanderley - Assunto polêmico e espinhoso mas que precisamos encará-lo pois a sociedade precisa repensar seus papéis e suas responsabilidades. Abraços e lindo fim de semana.

    Lobo - E que da nossa tristeza possa vir uma ação de reagirmos a tanta intolerância e violência gratuita. Lindo fim de semana. Abraços lobinhoooo.

    Sonhos de Deus - Obrigado pela visita e por suas palavras tão alentadoras em um momento de tanta dor e incompreensão com o mundo que estamos vivendo. Volte sempre. Abraços. Lindo fim de semana.

    Fred - Posso imaginar....kkkkkkkkkkkkkk mas já tenho um chef cuisinne tudooooooooo...hahahahaha. Queridão lindo fim de semana, vc é megaaaaaespecial mesmo. Abraços.

    Cíntia - Uma das grandes alegrias do Lua é sempre poder trazer á tona momentos de profunda alegria, reflexão e manifesto. Esse é um espaço democrático e de (in)confluência de idéias. Seja muitíssimo bem-vinda. Lindo fim de semana. Beijoooo.


    MEU DESEJO SINCERO A TODOS DE UMA PÁSCOA REPLETA DE AMOR, PAZ E ACIMA DE TUDOOOO...MTO AMOR. BJSS.

    ResponderExcluir
  7. Edilson temos e sim que parar e analisarmos para onde estamos indo e que estamos fazendo de nossa história enqto sociedade..

    Sai do Blogspot e estou no Word, mas posso contar com sua visita!

    Saudade da qualidade de seus posts!

    Ti Miranda
    (embuscadeumconselho.blogspot.com)

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.