20 de fev de 2012

SEM PRAZO DE VALIDADE

 Queria que hoje fosse a última vez que eu amo você. Não porque eu não gosto de amar você, apenas porque eu queria verdadeiramente acreditar que existem "happy endings". Eu queria acreditar que histórias de amor são reais e existem como as que assistimos ávidos no cinema da esquina. Nosso amor bem podia ser assim. Como um samba-canção. um poema de Neruda ou Quintana. Te vejo nas cores, na chuva que cai na janela, naquela onda que bate na pedra e respinga no pássaro que pousa alheia aquele momento sublime de Deus conversando com a natureza. Tenho impressão que só aparecem uns caras como Almodovar, Picasso, Gaudi, Frida Khalo, Isabel Allende, Woody Allen, Marisa Monte, Adele e tantos outros para aprendermos a amar mais e melhor. Sou uma mistura muito bacana de muitos sentimentos. Porque eu tenho mania de colecionar sorrisos, assim como as polaroids insistem em registrar momentos que ficam eternos. Tenho mania de ver você sorrindo e achar que isto é o que posso dizer de "o estar o mais próximo do céu". Meu céu é multicolorido e nele vejo o que passaram, os que estão e são presentes e o que estão por vir. Sinto uma confusão mágica e um gosto agridoce na boca. Queria sinceramente dizer que este amor "é pra sempre". Como uma bela sinfonia onde podemos sentir todos os instrumentos coexistindo e agindo de forma perfeita. Já memorizei seus filmes favoritos, seus livros do peito, seus desejos secretos, seus pintores prediletos, conheço seu sono e até os motivos que o fazem se irritar. Pra você já dei meu melhor sorriso e me entreguei daquela entrega de só quem está se doando sem medo e defesas consegue entender. Pra você contei meus sonhos e frustrações. Sabe minhas cores e minhas nuances. Entenda porque sorrio quando acordo, porque olho pro seus olhos e vejo que amar é se doar como se não houvesse amanhã como se pudesse materializar o meu amor através dos meus olhos. Sim, eu prefiro olhar o seu melhor, mesmo sabendo que não é perfeito. Sim, confesso que quando olho pro céu prefiro ainda procurar as borboletas do que mirar em alguma nuvem negra que por ventura insista em aparecer. Hiósria de amor devem ser eternas e sem prazo de validade e o tempo devia nos tornar ainda mais amigos, amantes e cúmplices. Porque não há e nunca haverá nada mais sublime que amar. Uns amam certo e outros errado, mas quem acha o caminho do amor verdadeiro, saudável e generoso, estes provavelmente vivem mais.

LINDA SEMANA. BEIJOOOS.

16 comentários:

  1. É sempre o último dia que eu amo você... Porque não sei do amanhã,
    Mas se o amanhã chegar, se ele se fizer hoje, nele, então, amarei você pela última vez,
    E assim, sucessivamente,

    Não há como não sentir dessa maneira: porque és o primeiro e último pensamento, e não importa o quanto e o que aconteça: só por hoje, eu me permitirei amar, mais uma vez, você,


    Bjkas

    ResponderExcluir
  2. Alê:

    Nossa nossa...assim vc me mataaa...hahahahaha.
    Qause chorei aqui...assim num vale..rs.
    Beijooooos.

    ResponderExcluir
  3. gente, não tem comentário q supere o da Alê...

    ResponderExcluir
  4. Também curti o seu blog, já salvei na minha lista de links :)
    abraços

    ResponderExcluir
  5. Realmente, depois de um comentário como o da Alê fica difícil. Mas, meu querido, quem possibilitou o comentário dela foi você, com suas palavras, que mais pareciam um mar calmo a carregar os barquinhos que somos nós que o lemos.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca olho o prazo de validade de nada. Nem de massa de tomate, nem de iogurte e nem dos meus homens. Prefiro viver perigosamente! Hehehehehe!

    ResponderExcluir
  7. Bom finde, meu herói!!!!!!! Aproveitaaaaa! Hugzão!

    ResponderExcluir
  8. O amor real e verdadeiro, aquele clichê que todo ama e quer. Abraçooo e ótimo texto!

    ResponderExcluir
  9. Own, omg que texto mais lindo!
    Pode imaginar o quanto me identifiquei e me emocionei! Amar é isso, não ter medo, ousar, ser tão carinhoso e dedicado. Espero que não tenha validade, que sempre infinito. Um amor desse tipo tão bonito não vale a pena ser desperdiçado. De verdade, amei *_*
    Obrigada pelo carinho com o blog. Volte sempre, grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Lindo! Poético! Sensível! Perfeito!

    ResponderExcluir
  11. E quem não quer um amor de cinema?
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. que seja eterno enquanto dure...

    ResponderExcluir
  13. o amor e eterno para cada pessoa de uma maneira diferente... Não sei se por sorte não sei se por consequência nao sei se pelo simples destino.. mais sei que tive a sorte de encontrar e manter o meu amor..O amor as vez compreendemos e outras nao compreendemos mais mesmo assim continuo lutando para compreender o amor eternamente.... um abraço e parabéns pelo post...

    ResponderExcluir
  14. Caramba... que bonito
    de verdade!

    beijo

    ResponderExcluir
  15. Queridos:

    Foxx - Concordo totalmente..rs ela agora "pegou pesado"...rs. Obrigado pelo carinho de sempre. Abraços.

    Frederico - Obrigado, fico feliz em saber que curtiu o Lua. Abraços e venha sempre.

    Fumaça Subindo - Obrigado, fico bem feliz em saber que apreciou o texto. Abraços e volte sempre.

    Fred - Obrigado myhero, eu aproveitei mtoooo...rs daqui a pouco posto as fotos da viagem. Abraços.

    Vanderson - Oie moço, qto tempo não lhe vejo por aqui. Abraço grande.

    Juliana - Obrigado lindona, bom saber que quando escrevemos algo isto pode vir a tocar as pessoas deste jeito. Beijooos.

    Luiz Carlos - Puxa, obrigado bom saber que curtiu...rs. Eu tb amooo as coisas que escreve...rs. Abraços.

    Lilian - E quem não quer???rs Beijooos.

    Railer - Com absoluta certeza. Abraços e obrigado pela visita ao Lua, volte sempre.

    Design Gráfico - Obrigado pelas palavras tão elogiosas e pela visita ao Lua. Volte sempre. Abraços.

    Bruno - Obrigado, senti que você gostou bastante...rs Abraços e venha sempre.

    ORIGADO QUERIDOS AMIGOS, BOM SABER QUANDO ALGO TOCA O CORAÇÃO DAS PESSOAS DE FORMA TÃO BONITA E ESPECIAL. BEIJOOOS.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.