25 de nov de 2012

CONTO: FARSANTES (PARTE 4)


Os 4 jantaram e aproveitaram este raro momento em família para colocarem os assuntos em dia. Depois da sobremesa, Natália foi para seu quarto, Augusto foi para o escritório com a desculpa de ligar para o Sampaio discutir alguns pontos do processo da comunidade carente que estavam atacando na Justiça e na sala restaram apenas mãe e filho.

Rafael – Mãe, agora que estamos só nós 2, a senhora pode me dizer o que está a acontecendo?
Eleonora surpresa sente-se ligeiramente desconcertada com a investida do filho.
Eleonora – Como assim? Não entendi.
Rafael – Alguma coisa está acontecendo entre a senhora e papai, vocês não trocaram um olhar durante todo o jantar.
Eleonora – Acho que é impressão sua meu filho, seu pai anda muito ocupado com os afazeres do escritório
Rafael – Tudo bem mamãe, se a senhora não se sente a vontade para falarmos sobre isto não tem problema, só queria que soubesse que estou aqui e saiba que pode contar comigo pra conversar, desabafar e até mesmo chorar quando desejar, ok?
Eleonora – Oh meu filho, você é tão sensível e amoroso, sempre preocupado com tudo e todos.
Rafael – Eu sei que conviver com o Dr.Augusto não é das tarefas mais fáceis, mas a senhora quiser eu posso conversar com ele...
Eleonora – Vamos mudar de assunto? E as coisas por lá, como ficaram as coisas com Paolo?
Rafael – Ele simplesmente emenda uma produção após a outra, está complicado de nos vermos, acho que nossa relação já esta desgastada mamãe.
Eleonora – Bem, talvez seja melhor assim... a Tania não para de perguntar de você...rs
Rafael – Ah Tãnia aquela piveta?rs Ela é muito mais jovem que eu...rs
Eleonora – Pois é meu filho, até as pivetas crescem...rs
Rafael – Mãe, a senhora se incomodaria que eu vá pro meu quarto, estou bem cansado da viagem...
Eleonora – Mas é claro que não, compreendo claramente.

Neste instante ela toca  a sineta e Olívia a governanta entra na sala
Olívia – Pois não, senhora, o que deseja?
Eleonora – Acompanhe o Rafael ao quarto e verifique se está tudo em ordem, por favor.
Rafael – Não precisa mãe...
Eleonora – Veja se tudo está a contento dele e se a quantidade de travesseiros é suficiente.
Rafael – A Dona Eleonora sempre dando ordens...rs
Olivia – Por favor, Rafael me acompanhe.
Rafael – Boa noite mãe, amanhã conversamos mais.
Eleonora – Boa noite, meu filho querido.

No dia seguinte Eleonora, Augusto e Natalia tomam o café na varanda e discutem sobre o novo projeto de Augusto sobre a sua candidatura a deputado federal.
Eleonora – Você já tem tanto serviço no escritório Augusto, quem vai administrar as coisas?
Augusto – Eu continuarei administrando normalmente, apenas vou delegar mais tarefas aos meus funcionários. O Sampaio como meu sócio ficará respnsável em administrar quando eu estiver em algum compromisso político em Brasília.
Natalia – Vamos morar em Brasília, papai? Eu adoraria ir visitar o Congresso, acho aqueles políticos tão sexies.
Eleonora – A única coisa que vejo de sexy neles é o dinheiro....rs
Natalia – Melhor casar com um deles e continuar bem rica, né mamãe?rss
Eleonora – Sou da seguinte opinião: se tiver que sofrer minha filha, que seja em Paris, tomando champanhe e fazendo compras na Chanel..
Natalia e Eleonora dando boas gargalhadas e Augusto aproveita para sair de fininho e ir para o escritório.

Já no escritório...
Augusto – Bom dia, Clarice
Clarice – Bom dia, Dr.Augusto, preparei a papelada da Salvian e já está em sua sala.
Augusto – Perfeito., o Sampaio já chegou.
Clarice – Sim senhor, ele já chegou e está em seu escritório o esperando. Ah a propósito, ia me esquecendo de que ontem depois que a senhor já havia ido embora, um jovem esteve no escritório a procura do senhor, disse que era um amigo, o nome é Lucas...
Neste instante Augusto sente levemente tonto como se tivesse levado um forte soco na boca do estômago e sente-se empalidecer.
Clarice – Dr. Augusto, o senhor está bem? Quer um copo d’água?

(continua)

Ilustração: Pierre Willemin

18 comentários:

  1. ah! o q ele quer eu sei e não é água não ... rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bratz:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Então, né...rs

      Linda semana. Beijooos.

      Excluir
  2. Eita, Dr. Augusto como deputado federal? Vai é ser chantageado pelos caras que já saiu, isso sim, rsrsrs! E essa Natalia, que menina safada! Político sexy em Brasília?? Será que ela falou do Tiririca?

    Só fiquei confuso sobre o Rafael... ele é bi, é isso?

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peter:

      Pra você ver como andam as coisas, o crápula tem todo perfil pra ser político mesmo...rs

      A Natália tá mais interessada em dinheiro do que no amor e na beleza....rs

      O Rafael é confuso...rs

      Abraços querido e linda semana.

      Excluir
  3. Aceita parceria? Já coloquei o link do seu blog no meu! http://loveglamourvanity.wordpress.com/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ken:

      Olá, tudo bem? Olha podemos ver direitinho esta situação, você pode me explicar melhor?rs

      Abraços e linda semana.

      Excluir
  4. gostei do conto.. quero saber mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teago:

      Acompanhe a historia desde o comecinho, já está na quarta parte...rs.

      Linda semana querido e um abraço.

      Excluir
  5. Cada vez mais curioso para o final dessa trama ehehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frederico:

      Segura a curiosidade (foi ela que matou o gato..hahahahahah).

      Abraços e linda semana, querido.

      Excluir
  6. isso num é mais um conto, é um romance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foxx:

      A historia sempre fica maior do que o planejado (pra desespero do ilustrador...rs).

      Abraços e linda semana.

      Excluir
  7. Genteeeeeeeeeeeeee... #quedê Globo pra contratar nosso Edilson??! Hugzones, my hero-GilbertoBraga-friend!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fred:

      Cadê a Groboooo???? Cadê?rsss

      Abraços, mysuperheroanimatorfriend.

      Excluir
  8. Tem umas tiradas (kkkkk)... Eleonora tocando a sineta pra chamar a governanta (gente! governanta! quer coisa mais chique?!)... acompanhe meu filho aos seus aposentos... Desestressar em Paris: vou receitar isso pros meus pacientes! (kkkkk). Delícia!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cesinha:

      Gosto de personagens meio over, meio kitsch acho engraçado, tem um quê de novela mexicana, o cafona me diverte...hahahaha.

      Abraços querido, fico feliz que esteja curtindo.

      Excluir
  9. este Augusto é um nojento, detesto ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Augusto:

      Não vale nadaaaa...rs.

      Abraços querido.

      Excluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.