3 de jan de 2013

ALGUÉM MEXEU NO MEU URSINHO???




Recentemente em uma conversa com um amigo (que também é psicólogo) eu escutei esta frase que dá título a minha postagem e que me fez refletir sobre esta questão. Realmente eu tenho absoluta certeza que não gosto de sentir a vulnerabilidade dos meus sentimentos tão misturados e confusos como se encontram no momento.

O coração pede sempre para que eu consiga relevar, passar por cima das briguinhas, do ego que chega e prejudica as coisas, que me deixa cego de fúria e me impede de tomar as decisões mais acertadas. Quando o coração fala mais alto deixamos a assertividade de lado e agimos por impulso. O coração não pensa, ele apenas sente as coisas, as ausências, as partidas, aquela lacuna que fica dentro de mim sangrando e pedindo curativo.

A razão me fala que preciso ser mais coerente. Com os meus pensamentos, com as minhas propostas, meus acordos emocionais. A razão me convoca ser adulto a duras penas, mesmo tendo 3.6, tem horas que ainda me sinto aquele menininho perdido correndo pela rua em uma noite de chuva. A razão que é adulta briga com a emoção que é criança.

De repente precisamos viver e ouvir certas coisas para nos darmos conta dos rumos que estamos dando as nossas vidas, sentimentos e emoções. O Edilson romântico que gosta de dar presentinhos sem data marcada, faz poesias, declarações inesperadas, enche o outro de afeto precisa se confrontar com o Edilson mais exigente, que quer sentir mais compromisso, engajamento e responsabilidade. O romântico fica brigando o tempo todo com o cético, aquele que não acredita tanto em relações perfeitas.

O que fazer quando se perde algo? Como não sentir o vazio que isto nos causa? Como lidar com os fantasmas que chegam sem pedir licença e nos invadem?  Talvez seja isto crescer. O confronto com a dor, com aquelas verdades incômodas que não queremos enxergar. Acorda cara, você idealizou demais. Mesmo achando que não, acabou fazendo projeções malucas e descabidas. O amor não é este mar de calmaria que desenhou nas nuvens da sua imaginação. Você construiu castelos no ar, isto é apenas fantasia.

O Edilson que conheço e se aproxima de mim é o cara de sorriso farto, de abraços sinceros, olhos vibrantes, sempre presente, alerta e consciente que sempre precisamos fazer o nosso melhor. Hoje estou me tornando um cara mais adulto na marra, estou aprendendo a ser mais forte mas ainda tenho os momentos de retrocesso, onde me vejo fantasiando ao ver um filme de amor e sonhando com um amor que parece existir somente nos filmes, será?

Muitas vezes nos julgamos as pessoas mais experientes e maduras e aí chega um outro alguém e nos mostra que estamos fazendo uma idéia precipitada de nós mesmos, mexem e nos revelam coisas que até então estavam encobertas talvez porque na verdade não a quiséssemos enxergar, não é mesmo?rs

Obs. Foto tirada da internet.

14 comentários:

  1. Quando me sinto vazia, chateada, cheia da vida, simplesmente me permito estar assim. O ser humano é feito de todos os momentos, os tristes e os alegres. Só que a gente nunca se acostuma com os tristes... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dama:

      Eu não quero ser um cara tão cético a ponto de não acreditar no amor, mas tem horas que cansa tanto...rs

      Beijos.

      Excluir
  2. Sua visão é perfeita querido ... mas como eu disse em meu post de hoje, quase tudo na vida depende única e exclusivamente de nós mesmos ... superar os obstáculos, abrir a alma, relevar, lutar por nós mesmos ... enfim ... semear uma vida plena e abundante ... assim colheremos nossos bons frutos ... claro q esta plantação requer cuidado e suor ... mas vale a pena ... vc sabe disto ...

    bjão e fica bem ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bratz:

      Suas palavras me chegam com a mesma alegria que o andarilho encontra água na deserto, estou sedento de conhecimento e sabedoria.

      Beijos meu amigo e grato pelo infinito carinho que sentes por nós.

      Excluir
  3. Só tome cuidado pra não confundir conselhos com manipulação. As decisões da sua vida devem ser tomadas exclusivamente por você. Até pq é você quem arcará com as consequencias da ação ou da omissão. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raphael:

      Não gosto muito da palavra "manipulação" pois ela me sugere algo premeditado e isto não é real. Graças aos meus amigos me sinto hoje um cara mais forte, mesmo que porventura eu ainda tropece. Sei que todas as ações gerarão consequências e tudo isto precisa ser posto na balança, meu amigo.

      Beijo e grato pelo teu carinho.

      Excluir
  4. Sempre há momentos de mudanças, e o momento certo, somente você saberá.
    Se achas que agora é o momento, vai na fé, permita-se e o resto é consequência.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ro:

      Eu sinto necessidade de mudanças, mas sei que tudo é um processo gradativo e lento, ninguém muda da noite pro dia...rs

      Abraços, querido.

      Excluir
  5. nossa, não sei o que falar, não me sinto confortável já que não tenho informações suficientes sobre o assunto. parece que vc terminou o namoro, mas não sei se é isso, então melhor não emitir opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foxx:

      Na verdade esta postagem é apenas pra dizer como me sinto em relação a esta fase, apenas isto..rs

      Abraços, querido

      Excluir
  6. Talvez vire um possível texto, ou fique aqui apenas como comentário, mas lendo seu texto tirei uma conclusão sobre mim... (isso porque o comentário teria de ser para você)

    Sinto falta disso tudo que você descreveu. Aliás, preciso deixar de ser "adulto" e voltar a ser criança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos:

      Mas a atitude de mudança depende única e exclusivamente de nós mesmo, não é?rs

      Eu sinto falta de ser mais adulto, ás vezes me comporto de forma infantil mesmo tendo 3.6....enfim, vivendo e aprendendo.

      Abraços querido.

      Excluir
  7. Adorei essa frase

    Matei a mim mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos:

      Bom quando podemos ajudar as pessoas com as nossas questões...rs

      Abraços querido.

      Excluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.