15 de dez de 2009

COMO FAZER UM PAÍS INTEIRO DE IDIOTA?

Fico profundamente aborrecido e decepcionado com a política brasileira. Na verdade sabemos que a corrupção existe em todos os países do mundo, mas em alguns lugares, como aqui, tudo acaba em pizza.Vivemos no país da impunidade, onde tudo é permitido, rico massacra pobre, pessoas sempre estão tentando tirar vantagem em tudo, onde a mentalidade do “vou me dar bem em cima dos ignorantes” impera. Vemos todos os dias com total apatia escândalos seguidos de outros escândalos e estamos nos acostumando com tudo isso. Parece que assistir a noticiários virou um programa dos mais indigestos. Uma vez, conversando com um amigo, o mesmo me disse: “desisti de assistir aos noticiários, porque apenas o fato de assisti-lhes me coloca numa posição de espectador passivo e nada posso fazer para interferir nas imagens a que tô assistindo”. Naquele exato momento tal afirmação me gerou um desconforto enorme, pois acredito que o fato de sabermos o que acontece a nossa volta faz com que tenhamos mais cuidado nas próximas eleições, mas hoje (totalmente desacreditado dos governantes) acredito que ele estava certo. Ao que assistimos é uma grande e interminável peça onde os “atores” tentam de todas as maneiras convencer em seus papéis de “bons moços”. Os recursos mais utilizados hoje em dia sâo o grampo telefônico e as temidas câmeras escondidas em gabinetes, mas nem isso é suficiente para inibir os atos ilícitos e depois as previsíveis desculpas. Simplesmente com toda fleuma e circunstância os “filmados inocentes” fazem discursos inflamados, contam suas histórias de vida, seus feitos, se vangloriam, tentando de todas as formas convencer a opinião publica. De repente, num passe de mágica, todas as acusações são retiradas, pois “apenas” o fato de terem filmado o digníssimo político colocando dinheiro na cueca, meias, paletó e em qualquer outro lugar possível e imaginário(rss) não prova absolutamente nada. Quem sabe aquela boa alma nâo queria apenas comprar Panetones para velhinhos? Ajudar os desvalidos, os mais necessitados? Pobre homem, julgado de forma tão vil. Não sabiam os tolos que ele era um bom homem. Fico perplexo de ver a capacidade de atuação de nossos governantes. Ganham salários astronômicos e nem assim é suficiente para conter seus desejos ambiciosos de sempre lucrar mais e mais. Quando será que a política vai ser passada a limpo em nosso país? Quando será que o povo vai realmente se mobilizar para mudar tudo isso? Estamos praticamente no verão, e com ele chegam as chuvas típicas dessa estação e as enchentes. Ontem assisti a São Paulo, Rio, Minas debaixo das mesmas. Em SP não precisa nenhuma grande chuva para tudo virar um caos. Naturalmente já é um caos sem, agora o problema se agrava quando ocorrem os alagamentos e tudo vira um grande rio. Onde estão os políticos nessas horas? Provavelmente em uma região bem distante do caos dos engarrafamentos, passeando de jatinho e gastando o dinheiro publico. A população se encontra totalmente abandonada, entregue à própria sorte, mas podem ter certeza de que, quando se aproximarem as próximas eleições, todos esses “atores”da política nacional irão à TV pedir encarecidamente meu voto, seu voto, nossos votos. As chuvas que castigaram (e continuam castigando) o sul do Brasil simplesmente trouxeram prejuízos incalculáveis a milhares de famílias que trabalharam/trabalham para se manter vivas e inteiras. O governo federal ajudou de forma efetiva essas tantas famílias que perderam tudo? Quantas vidas e sonhos destruídos pela força das águas. Mas onde está a responsabilidade do governo? Onde está a ajuda emergencial para reconstruir tantas cidades que ficaram devastadas? O governo está mais preocupado em lançar filme contando a brilhante trajetória de sucesso do presidente do que de fato assistenciar os mais necessitados. Nada contra o cinema nacional, sou um entusiasta do cinema tupiniquim, mas por favor, vamos de uma vez por todas largar a hipocrisia de lado e falar sério. Tantas coisas mais importantes para serem resolvidas, tantos problemas mais urgentes, um contingente de desempregados e famintos, e as pessoas ainda pensando em badalar filme de presidente? Me poupe. Me causa estranheza que artistas estejam aderindo a ajudar a promover isso, gostaria de vê-los engajados em projetos sociais também. O artista tem um papel de suma importância, pois ele é formador de opinião e tem o dever de passar uma imagem positiva pois, como espelho, serve de exemplo para muitos jovens. Acredito que para uma nação evoluir é preciso priorizar Educação como meta principal. Todo mundo precisa de tudo. Todo mundo precisa de comida, emprego, lazer, uma boa moradia, condições mínimas de sobrevivência, mas, acima de tudo, um povo precisa de estudo. Um povo sem estudo não conhece seu passado e fica impossibilitado de construir seu presente e planejar seu futuro. Peço a Deus (acima de qualquer outro poder) que dê forças a esta nação, dê estrutura emocional a tantas famílias destruídas pelas chuvas e, acima de tudo, dê clareza à nação para aprender a enxergar quem são os políticos que realmente têm um passado mais decente e, assim, poder conduzir o nosso tão sofrido país de forma coerente. Recadinho aos “ilustres governantes: “Chegaaaaaaaa de governar apenas os próprios interesses e governem os interesses do coletivo, até porque ganham salários estratosféricos para isso”. Enquanto eles ganham auxílio-moradia, auxílio-paletó, apartamentos funcionais, passagens aéreas( sem limitações), auxílio-combustível e outros tantos benefícios, o povo, em contrapartida, ganha: auxilio-fome, doença, falta de emprego, escolas, hospitais, moradia, higiene e lazer. Acredito que o auxílio que está faltando para nossos digníssimos representantes é: O AUXILIO ÓLEO-DE PEROBA ( precisa ser muitoooooo cara-de-pau para achar que o povo ainda acredita em seus discursos de defesa...rs)

(Este texto foi feito em 07/12, mas só o publiquei hoje pois já havia publicado outros textos na semana passada, espero que apreciem...bjão).

2 comentários:

  1. oieeeeeeeeeeeeeeeee mt obrdg pela visitita e por me seguir di volta keridu, vc é uma graça.
    agora sobre seu post, olha vo te mandar a real... desisti di esperar alguma koisa di politiku, puxa eles so fazem besteiras, ou melhor desisti di esperar alguma koisa da maum di alguém, por issu sou uma pessoa feliz, di bem c/ a vida com td e com tods, porke criu apenas espekitativas sobre meus atos e reaçoes e naum sobre ninguém.
    axu ki qnsdu paramos di esperar algo sempre em troka fikamus muito bem.
    naum sou egosista nunka fui, mais ja me maxukei muito esperandu koisas ki.... ahh naum xegavaum.
    hj naum faço, porki gosto, porke me sintu bem, pra tirar do coração, da cabeça da mente enfim e sou super felizx.
    pra vcx ter uma ideia tds os meus amigos dizem ki naum sou uma amigah mais uma mãe rsrsrsr.... naum sei si issu é bom ou ruim kkkkkkkkkkk...... acreditu ki seja bom né gatu???? kkkkkkkkkk...........
    pra mim td acaba em pizza e essas e outras dos politicos naum me afetaum mais sabe olho, viro pro otro lado e "go" rsrsr.....
    faz o mesmu gatu, sei ki é fogo mais ..... podemos ser felizes mesmo estando convivendu om tanta injustiça.
    pessoas assim naum merecem nem memso a nossa indignaçaum. podi cre ki naum.
    bjússssssssssssssssss milllllllllllllll
    e t keru ker imuneras vezes por lá se naum for "aHHHHH" venhu t buskas rsrsrr....
    Lena

    ResponderExcluir
  2. Querida Lena:

    Obrigado por deixar seu comentário aqui neste espaço. Na verdade a gente deveria se preocupar menos mesmo, mas o "big problem" é que eu acho que eles só fazem o que fazem porque a gente tá perdendo a capacidade de se escandalizar com tanta injustiça e desordem. Fico me perguntando aonde foi parar a tal "ordem e progresso"?rs. Bjss linda e pode ter certeza q irei sim ao teu blog inúmeras vezes. Bjão e tudo de melhor.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.