25 de jan de 2010

INSACIÁVEL


Confesso

Viciei

Em teus beijos

Em tuas palavras

Eu não consigo conter

Nem quero tentar

Dane-se o juízo

Quero me perder

Pra você me encontrar

No teu desejo

Na tua carne

Na tua loucura

Na vontade de ser sem fim

Perder o rumo

O endereço

A identidade

Mergulhar

Afundar

Imergir

Mais feliz

Mais perdido de amor

Em estado terminal

Babando

Salivando

Delirando

Em camisa de força

De vênus

Entregue

Sem forças

Insaciável


(Edilson Cravo)


"Tão bom morrer de amor e continuar vivendo"(Carlos Drummond de Andrade)

16 comentários:

  1. Lindo! Muito lindo mesmo. :)
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Aff...eu tô começando a cansar de parabenizar você. Mas é inevitável, depois de ler uma coisa dessas!!! Lindo demais. Está cheio de inspiração não é mesmo??? Que bom isso. Forte abraço, querido.

    ResponderExcluir
  3. Olá Edilson
    Juízo d+ só atrapalha. Temos que perder o medo de pecar, de enlouquecer , de ser feliz. Temos que ter a coragem de sermos nós mesmos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Queridos Purple Petunia,J.M e Wanderley:

    Obrigado o carinho de sempre. Acho que o reconhecimento ao que escrevo me impulsiona a sempre buscar melhorar. Linda semana a todos e mais uma vez OBRIGADOOOO...rs
    Beijosssss.

    ResponderExcluir
  5. forte, sensual, vibrante, sensível ... vc conseguiu tudo isto em um só poema ...

    se perder até à loucura é algo que nos torna verdadeiramente SER ... um SER do amor, da paixão, do erotismo, da sensibilidade e da emoção ...

    adorei amigo ... plac plac plac plac ... aplaudindo de pé ...

    bjux Edilson

    ;-)

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Quanta inspiração e quanto tudo num poema só.
    Palavras que me fizeram voar, dançar, sorrir, sentir saudade, vontade, desejo, tesão...
    Perfeito.
    Adorei ter passado aqui hoje.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Queridos Paulo e Arthur:

    Nossa estou sem palavras, obrigado tanto carinho e elogios. Só posso dizer que isto me anima a continuar a escrever, pois acredito estar na direção correta...rs.
    Linda semana pra vocês queridos
    Beijosss.

    ResponderExcluir
  8. Ô, beijoqueiro, a poesia está ótima, mas o layout tá feio. Prefiro padronizado - hehe. Mas vc continua tendo seu feedback, fico feliz.
    =P

    ResponderExcluir
  9. Olá meu camarada. Confessar é bom... ainda mais quando, provavelmente, o inquisitor é o próprio peito.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Queridos Pierre e Beto:

    Obrigado o carinho dos comentários, pra mim sempre é uma possibilidade de melhorar em algo, um pouquinho mais sempre. Valeu a dica Pi...rs.ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  11. ADOREI !
    A frase no final é ótima !
    adorei mesmo, de verdade ! :)

    beijos ! :*

    ResponderExcluir
  12. ESTOU POR AQUI HEIM MARCANDO PRESENÇA !!!
    BEIJAO

    ResponderExcluir
  13. Oi Gilson,

    Que lindo e intenso. Você tem o dom de nos iluminar e inspirar e isso é maravilhoso.
    Que bom foi passar aqui agora.
    Quando você vai nos brindar com um livro?
    Já ta na hora né?
    Apareça.
    Bju
    Jay

    ResponderExcluir
  14. Queridos Má,Mara e Jay:

    Obrigado o carinho de vocês. Tenho muita vontade de escrever um livro, mas ainda não sei como trilhar o caminho das pedras até chegar a uma editora mas adoraria ver algo meu publicado. Beijosss.

    ResponderExcluir
  15. me fez lembrar uma música, só não consigo lembrar o nome

    ResponderExcluir
  16. Oi Edilson, tudo bem?
    Menino q lindo isso, tudo isso dito pra alguém que amamos é tudo de bom, rsrs
    Então viva a imperfeição e ao nossos blogs, rsrsrs

    Bjo
    :)

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.