3 de fev de 2010

CAMINHOS

Nos caminhos
E descaminhos
Te encontrei
Me encontrou
Me perdi
Me achei
Entendi
Que o amor é troca
Encantamento
Entendimento
Aceitação
Me traz a paz de uma noite de outono
Uma canção de ninar
Ás vezes
O agito do mar
Amar....
Tempestade
E calmaria
Angústia
Sangra
Cicatriza
Melodia
Ás vezes despedida
Ás vezes amor de dia
Sem fim
Sem volta
Sem sentido
Mas nunca indiferente
Amor
O estranho mais próximo de mim
Eterna incógnita
As pirâmides do Egito
O triângulo das Bermudas
O indivisível
O abstrato mais tocável
E lá vem o desasossego
Me tirar do prumo
Do ninho
De mim
Me agita
Me trantorna
Me transforma
E a vontade de ser sem fim.

(Edilson Cravo)

"Tudo que precisamos é de amor" (All we need is love - Beatles)

14 comentários:

  1. Estive sumido amigo, mas voltei. E você como sempre, postando o que há de melhor em poesias. Abraços fortes.

    ResponderExcluir
  2. Olá Edilsom
    O amor é tudo isso, calmaria e tempestade, certeza e dúvida, alegria e sofrimento. Mesmo assim, amar vale a pena.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. ai o amor...Angústia...Sangra..Cicatriza...
    mas é sempre válido amar...

    abs

    ResponderExcluir
  4. Sem amor não dá.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  5. Sim, tudo o que preciso é de amor. Mas se ele foge de mim, como fazer???
    Fortíssimo abraço.

    ResponderExcluir
  6. Quanto envolvimento...sensibilidade.


    abraços

    Hugo

    ResponderExcluir
  7. Será que tudo que precisamos está no amor? Se parar pra pensar, é apenas uma palavra usada pra designar um sentimento que funciona de formas diferentes para cada pessoa. Para mim, só existe amor de forma fraternal, ou seja, é IMPOSSIVEL transar com que eu amo.

    Sei lá, minha opinião. Mas o texto é LINDO.

    ResponderExcluir
  8. Queridos Paulo,Wanderley,Ela,CadinhoRoco,J.M,HSLO,Enri
    que e Mauri:

    Vamos por partes (como diria Jack Estripador...rs):

    Paulo - Feliz em revê-lo por aqui
    Wanderley - Precisamos acreditar sempre na força do amor.
    Ela - Obrigado a visita, espero que volte sempre.
    CadinhoRoco - Querido obrigado a visita, espero vê-lo mais por aqui tb
    J.M - Precisamos nos abrir para o amor.
    HSLO - Valeu o comentário...rs...vc já é sócio do blog.
    Enrique - Precisamos de muitasss coisas, mas acima de qq coisa o amor. O amor é a única salvação da humanidade.
    Mauri - Suspiro o tempo todo tb...rs..bjss querido.

    ResponderExcluir
  9. Oiiii,,,
    Vim agradecer tua visita no meu cantinho
    E dizer q minha lua sempre estará brilhando com tua presença por lá...
    Entaum... como amantes da lua...
    Naum poderia ser diferente cmgo qdo avistei aki...
    Tdo tão lindo aki e aconchegante...
    Parabéns pelo blog...
    Estarei aki sempre q puder...
    Gostei tanto q tô ficando...
    Aliás... belo poema...
    Terno e intenso...
    Assim como o amor...
    Bjooo e bom fds!
    =D

    ResponderExcluir
  10. Que nesses caminhos e descaminhos, nossos encontros se tornem cada vez mais intensos.
    Tão intensos quanto seu sentimento ao escrever.
    Bju

    ResponderExcluir
  11. Rapaz, você sempre visitando o "Diz"! Preciso aparecer aqui mais vezes...

    Nossa, já pensou em musicar essa poesia? Eu não sei se já te falei isso, mas você daria um belo letrista...

    Abração!

    ResponderExcluir
  12. éhh issu ai td ki precisamus é di amor, c/ amor paciencia e esperança com uma grandi pitada di bom humor di vai pra frente diz ai rsrsrsr.rsrsr..

    tenha um otimu findis se for dirigir naum beba e se for beber mi xama rsrsr.rsr..

    bjússssssssss milllllllllll

    Lena

    ResponderExcluir
  13. Queridos Bia, Arthur, Marcelo e Leninha,
    Que alegria receber tantas energias positivas e comentários supermotivadores. Tenho certeza q o que faz deste blog um encontro de amigos é sempre a constante troca de informação q acaba criando um vínculo de afeto q ultrapassa o limite da blogsfera. Bjs a todos.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.