6 de fev de 2010

O QUE O FAZ FELIZ?

(mais um desenho do talentosíssimo Pierre Willemin)

Em alguns momentos, me questiono e questiono a humanidade e tento achar respostas sobre o porquê buscarmos muito além “a tal felicidade”? O que vai nos fazer “a pessoa mais feliz do mundo” de fato? Percebo, que muitas pessoas (inclusive eu) continuam sentindo a sensação de vazio mesmo depois de comprar uma camiseta incrível, fazer uma viagem a algum lugar da moda, trocar de carro por um modelo mais novo, trocar o modelo do celular por algum mais “muderno”, enfim, usar de algum artifício apenas para se sentir uma pessoa mais descolada e antenada, mas no íntimo o que acaba prevalecendo é um sentimento de eterna insatisfação.

Hoje em dia passou a ser enxergada como “natural” a utilização das famosas drogas da felicidade. Remédios que simplesmente vão gerar no cérebro sensações prazerosas e de uma felicidade ilusória. Mas eu lhes pergunto: que mal há em sofrer? Que mal há em se frustrar e sentir tristeza? Que mal há em chorar porque estamos abalados emocionalmente? Quantas vezes transferimos para os objetos e lugares a responsabilidade de nossa felicidade? Buscamos o preenchimento do vazio no externo, na ostentação, naquela “roupa de marca”, naquele perfume importado que vai nos dar a sensação de sermos poderosos (como se um perfume sozinho tivesse o poder de nos tornar...rs), mas me questiono qual o limite? Qual o limite do que é saudável e o que passa a ser doentio?

Sou a favor do consumismo, de que cada um consiga se sentir bem e feliz consigo mesmo, mas sou contra esta idéia tão errada que a mídia nos faz digerir todos os dias de que para ser feliz precisamos ter um aparelho de televisão com todos os recursos possíveis e imaginários, precisamos ir para alguma praia badalada e exclusiva ou fazer um Cruzeiro temático com alguma banda do momento se esgoleando (rsss) em alto-mar .Enquanto isso, ninguém me pergunta qual a marca do meu coração,qual a marca dos meus sentimentos?. Os seres viram coisas e as coisas viram seres. Parece que ficou mais importante possuir tudo que o mercado da propaganda me sugere (ou sugestiona,como preferirem), que a novela dita como moda, que o vizinho faz questão de ostentar ao invés de ser de fato um cara normal,legal e que tem princípios, que dá valor à família, aos amigos e parceiros. As pessoas saem para a balada muito mais para desfilarem suas “grifes” do que para de fato serem felizes. Não precisa ir a nenhuma grande cidade para perceber que atrás de tanta ostentação existe também muita frustração. No meio disso tudo se esquece o propósito maior que deveria ser confraternizar com os amigos de forma saudável, de celebrar a vida. Quem não se enquadra no esquema está automaticamente out.

Acho tão triste ver que vivemos na era da crise de valores. Muitas pessoas não conseguem perceber que a verdadeira felicidade está nas simples coisas da vida: um amanhecer, uma xícara de chocolate, uma taça de vinho, uma música que te faz viajar sem sair do lugar, um telefonema afetuoso de alguém que amamos, um abraço de uma criança, um filme esperado a semana inteira, uma rodada de pizza com os amigos, o singelo gesto de se sentar em uma praça e admirar as estrelas em uma noite de lua cheia, uma viagem superplanejada e ansiada, um bom livro, um jantar familiar; enfim, coisas que nem sempre custam tão caro e muitas vezes não damos muito valor.

Devo confessar que antigamente achava que a minha alegria, o meu bem-estar viria depois de comprar uma camiseta incrível, ir a um lugar da moda, mas hoje percebo que um bom livro, um bom filme, um bom papo são muito mais significativos para mim. Talvez seja a idade chegando (rs) ou talvez esteja amadurecendo de fato. Acredito que as percepções vão se alterando. Hoje dou muito mais valor à família, ao afeto, as pessoas de modo geral do que antes.

Convido todos a fazerem uma reflexão acerca disso tudo e se puderem deixar a resposta no comentário, ficarei extremamente feliz. Aprendi que a VERDADEIRA FELICIDADE está em mim. Um dia lendo um famoso livrinho que conservo ao lado de minha cabeceira (Minutos de Sabedoria) li uma frase que nunca mais esqueço e diz o seguinte: “A verdadeira felicidade está em Deus, logo está em você, pois Ele habita seu coração”. Muitos poderão achar uma frase boba, tosca, sem expressão maior, mas se pararmos para refletir é a mais pura verdade. Enquanto pensarmos que a felicidade tem de vir de fora estamos selando a nossa própria infelicidade. Tanta gente que tem dinheiro, tem carro importado, tem guarda-roupa de luxo e se sente infeliz, sem afeto, sem carinho. O dinheiro não traz o verdadeiro amor. Não traz o verdadeiro amigo, não traz o verdadeiro sentimento de gratidão á vida. Engana-se quem pensa que pode comprar o legítimo afeto das pessoas. Engana-se quem pensa que só poderá ser feliz se tiver muito dinheiro. O dinheiro é um facilitador e viabiliza muitos momentos felizes, mas não é o essencial para encontrar a verdadeira felicidade.

Acho que é um sentimento muito mais amplo, muito mais engrandecedor. Ser feliz em minha humilde opinião (dizem que quem se diz humilde não o é de fato....rs..enfim) é encontrar a verdadeira paz interior, é encontrar a grande alegria de viver. Tive uma fase financeira muito boa quando morei no Rio e hoje não tenho mais, porém me acho um cara bem mais evoluído e verdadeiro comigo e com o universo. Percebi a tempo que mais importante do que ter é ser. O que o/a faz feliz? O que realmente torna sua vida melhor? Compartilhe comigo, ficarei feliz em saber.

O QUE ME FAZ FELIZ?
BEIJOABRAÇOSORRISOLUACHEIAESTRELARISADAS
AMIGOSUMCHOPPGELADOPIZZAFILMECOMÉDIA
ROMÂNTICODRAMA,SHOPPINGVIAJARUMBOMLIVRO
DORMIRATETARDEBALADAMÚSICAESCREVERFAMILIA
SÁUDEPAZAMOOOOOOOOOOOOOOOR.

Beijo no coração de cada um de vocês.

13 comentários:

  1. Oi Edilson! Mais uma vez adorei o post! Ficou maravilhoso! E me fez recordar da campanha de marketing da rede Pão de Açúcar, que vi quando cheguei aqui em Sampa. Nos caixas do supermercado, tem um banner com a pergunta: O que faz você feliz? E várias imagens diferentes, tipo: Em um banner um homem com uma taça de vinho, no outro uma criança comendo um croissant, em outro um homem com uma xícara de cappucino. Achei a propaganda fantástica, e gosto de admirá-la toda vez que vou ao supermercado. Quanto ao que você falou sobre o sofrimento, me recordei mais uma vez da frase de Mário Quintana, o poeta das coisas simples, que escreveu: "A felicidade bestializa: só o sofrimento humaniza as pessoas.". Acho a frase fantástica, porque erra quem pensa que ser feliz é não sofrer nunca, nao chorar, viver em estado de alegria constante! Acho até que lágrimas e sofrimento algumas vezes são anúncios de alegrias maiores que estão por vir. Ferramentas para a verdadeira felicidade. E o que me faz feliz? Basicamente o mesmo que você: um bom livro, boa música, comer, dormir, sair com amigos, contemplar a natureza, café!, e muitas outras coisinhas que realmente me deixam felizes! Forte abraço e mais uma vez adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. Todos nós buscamos insistentemente a nossa felicidade isso é fato!

    abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá meu querido
    O problema é que a maioria das pessoas acha que bens trazem felicidade, e nem sempre é assim.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Talvez os bens tragam felicidade, sim, mas não SOZINHOS. É um conjunto mesmo. Arrasou no post.

    ResponderExcluir
  5. falou e disse! o que me deixa feliz mesmo é ver o céu colorido no final da tarde ou aquela chuva chegando

    ResponderExcluir
  6. Queridos JM, Athila, Wanderley, Enrique e Nic,
    Que bom que vcs têm a mesma percepção q eu sobre a felicidade pq realmente é um conjunto de fatores q a faz possível. Linda semana, saúde e sorte!
    Abraçosssss

    ResponderExcluir
  7. O QUE ME FAZ FELIZ?
    BEIJOABRAÇOSORRISOLUACHEIAESTRELARISADAS
    AMIGOSUMCHOPPGELADOPIZZAFILMECOMÉDIA
    ROMÂNTICODRAMA,SHOPPINGVIAJARUMBOMLIVRO
    DORMIRATETARDEBALADAMÚSICAESCREVERFAMILIA
    SÁUDEPAZAMOOOOOOOOOOOOOOOR.

    Concordo com o Athila,
    De alguma forma, algum pensando se encontamos e tentamos descobrir qual éa felicidade que queremos, pode demorar, OU NAO!!!!

    Lutamos por ela.

    Beijao, e aparece!

    ResponderExcluir
  8. Querido Louis:

    Obrigado o carinho e o comentário. O importante é nunca deixarmos de buscar a nossa felicidade esteja ela aonde estiver. Beijao e linda semana.

    ResponderExcluir
  9. quando vem muita angústia, por exemplo, eu sempre lembro que "eu me amo!"

    ResponderExcluir
  10. Querido Ilógico:

    O importante é nunca esquecermos de lembrar que somos pessoas inteiras e devemos sempre nos sentir inteiros e nunca buscar no outro a complementação, pois as pessoas agregam coisas a nossa vida, mas não somos metades e nem devemos ser. beijão e linda semana.

    ResponderExcluir
  11. Oláa Edilson...
    Lindo e verdadeiro post...
    Pequenas coisas, grandes emoções...
    são as q realmente valem a pena...
    NAda melhor do q isso pra se sentir vivo e feliz...
    Boa semana pra vc...
    Bjos
    =D

    ResponderExcluir
  12. Querida Bia:

    Fico extremamente feliz que tenha voltado a me visitar. A gente encontra nas pequenas coisas, na simplicidade grandes motivos para sorrir não é mesmo? Beijão e linda semana.

    ResponderExcluir
  13. a felicidade só nos vem com a consciência de complementariedade ... de tudo um pouco ... assim somos e isto que configura a essência humana ... não somos meios e não nascemos para ser assim ... só seremos SER autêntico qdo inteiros ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.