1 de mar de 2010

DOCE LAURA

O que mais gosto de fazer no Lua é escrever. Sejam minhas poesias, minhas impressões, dicas de filmes, de músicas, ou perfis de escritores e artistas em geral.Hoje resolvo homenagear a brilhante Laura Pausini que com apenas 35 anos já vendeu mais de 45 milhões de discos em todo mundo, tem mais de 170 discos de platina, 50 de ouro e três de diamante nos seus quase 17 anos de carreira. Uma carreira marcada por sucesso, perseverança e objetivo. Quando a ouço sinto que ela possui aquela pequena gota de lágrima na voz que pouquíssimas cantoras possuem. Impossível pensar em uma cantora romântica e não pensar em Pausini, pois sua carreira é permeada por vários sucessos deste gênero. A música nos faz melhores e Laura sabe emocionar como poucas.
Laura Pausini nasceu em 16 de maio de 1974 na cidade de Faenza, província de Ravenna, Emilia-Romagna, no norte da Itália e cresceu na cidade de Solarolo. Filha de Giovana e Fabrizio sendo este seu grande e primeiro incentivador. Em sua festa de aniversário de 08 anos pede ao pai músico que a deixe cantar. Laura dá início a sua grande e maior paixão que é a música. Desde então começa a cantar no coral da igreja que freqüenta e com 12 anos faz seu debut apresentando-se sozinha. Aos 13 anos lança sua primeira K7 demo que inclui a canção composta por ela “Lasciami Dormire”. Cantando com o pai em bares da região é descoberta por Ângelo Valsiglio e Marco Marati que decidem acreditar na menina. Sempre presente em concursos e festivais, ela participa e ganha, em 1991, o San Remo Famosi, o que acaba lhe dando o direito de participar do Festival de San Remo em 1992. Infelizmente por não possuir uma gravadora na época acaba tendo que esperar mais um pouco para ver sua carreira deslanchar. Já em 1993 é a grande chance de Laura ver sua estrela brilhar de fato, pois vence o festival daquele ano com a canção “La Solitudine”. No mesmo ano consegue lançar seu primeiro álbum pelo Warner entitulado “Laura Pausini” que permanece nas paradas de sucesso de seu país como um dos 10 álbuns mais vendidos de 1993. O ano de 1994 começa e ela lança seu segundo trabalho entitulado “Laura” que contém como carro chefe a belíssima “Strani Amore”. No final do ano ela lança agora cantando em espanhol uma coletânea dos seus 2 discos anteriores. Em 1995 é chegada a vez de ampliar seu público consumidor e ela decide regravar seus maiores sucessos agora em inglês.O povo de língua inglesa ganha de presente “Loneliness”. Em 1996, lança o álbum de maior projeção internacional com versões em espanhol e italiano. Lança também uma versão em português e arrebanha os brasileiros com “Le cose che vivi/ As coisas que vives. Este disco mostra uma cantora mais madura e procurando a diversidade musical. O ano de 96 também marca seu desligamento do empresário Valsiglio e sua nova parceria a Alfredo Cerruti Jr.
O ano de 1997 marca o início da primeira turnê mundial “Laura Pausini – World-Wide Tour 97” e a cantora vem ao Brasil cantar e encantar os brasileiros. Faz shows em São Paulo, Rio, Curitiba e Porto Alegre. Na mesma época começa a escrever “Un’ emergenza d’ amore” que viria a ser o primeiro single de seu próximo cd “La mia resposta” lançado em 98. Neste álbum a cantora resolve imprimir um estilo mais pop com puxadas soul. Laura está mais segura e pronta para assumir novos desafios e compromissos. Neste mesmo cd ganha uma música escrita por Phil Collins “Looking for an Angel”. No ano de 2000 lança “Tra te e il mare” que inclui uma canção Per Vivere/ Viviré escrita por Pausini, depois de conhecer um menino de rua no Rio de Janeiro.Este álbum nos mostra uma artista mais elaborada. 2001 é um ano importante para a cantora pois ela lança mais uma coletânea “The Best of Laura Pausini” e o disco ainda conta com a música “One More Time” que faz parte da trilha sonora do filme “Message in a botle”(Uma carta de amor) com Kevin Costner e Paul Newman. No Brasil o cd veio com uma faixa extra intitulada “Speranza” devido á novela da época Terra Nostra. Neste mesmo ano ela lança seu primeiro DVD “Live 2001-2002 World Tour” em Milão. No fim do ano de 2002, Pausini arma uma estratégia de invadir os EUA e lança o álbum em inglês “From the inside”. O remix de Surrender obtém o primeiro lugar nas paradas americanas superando artistas consagrados como Madonna, Whitney e Justin Timbarlake. Em 2004 após um período de uma breve depressão, Pausini lança mais um novo trabalho “Resta in Ascolto” onde ela mostra um lado mais agressivo, está mais intensa do que nunca. Ela aborda assuntos polêmicos como foi o caso de uma criança que fora mutilada na guerra entre EUA e Iraque. Em 2005 grava seu segundo DVD em Paris, mostra-se mais madura. Em 2006 Laura vence 2 Latin Grammy Awards na categoria “Melhor Album Pop Latino” e na categoria “Melhor Vocal Pop Feminina” com o álbum “Escucha”. Em 2007 novamente, vence o Latin Grammy na categoria “Melhor Vocal Pop Feminina” com o álbum em espanhol “Yo Canto”. Em 2009 vence na mesma categoria com o álbum “Primavera in Anticipo”, onde também fez a abertura da premiação cantando uma das músicas do álbum ‘En Cambio No” que concorreu ao prêmio “Gravação do Ano”. Venceu o Grammy com o álbum italiano “Lo Canto” pela canção de mesmo nome na categoria de “Melhor Canção do Ano” e diversos prêmios pela Europa entre eles 5 Telegatti (principal premiação da música italiana) pelo mesmo trabalho. Neste mesmo ano inicia a gravação e o lançamento do CD e DVD “Laura Pausini – San Siro 2007. Ela é a primeira mulher a se apresentar no famoso estádio. O DVD retrata um dos momentos mais marcantes da carreira dela, pois canta para uma platéia de mais de 70 mil fãs. Ela resolve também lançar seu primeiro livro “Laura Pausini – Fai quello Che sei “ que conta toda a perfomance espetacular e inesquecível do show. Em 2008 dá início a sua turnê “Primavera in Anticipo”(Primavera Antecipada) obtendo grande sucesso em todo mundo. Em 2009 vence na mesma categoria com o álbum “Primavera in Anticipo”, onde também fez a abertura da premiação cantando uma das músicas do álbum ‘En Cambio No” que concorreu ao prêmio “Gravação do Ano”. Venceu o Grammy com o álbum italiano “Lo Canto” pela canção de mesmo nome na categoria de “Melhor Canção do Ano” e diversos prêmios pela Europa entre eles 5 Telegatti (principal premiação da música italiana) pelo mesmo trabalho. Em 2009 retorna ao Brasil para brindar novamente seus fãs com sua magia e emoção. Seu mais recente trabalho é o CD e DVD “Laura Live World Tour”.

Fontes utilizadas para realizar esta homenagem a Laura Pausini:

http://www.bastaclicar.com.br/
http://www.webletras.com.br/
http://www.lastfm.com.br/
http://www.wikipedia.org./

Álbuns
1993 - Laura Pausini
1994 - Laura
1996 - Le cose che vivi / Las cosas que vives
1998 - La mia risposta / Mi respuesta
2000 - Tra te e il mare / Entre tú y mil mares
2002 - From the Inside
2004 - Resta in ascolto / Escucha
2006 - Io canto / Yo canto
2008 - Primavera in anticipo / Primavera anticipada
Álbuns ao vivo
2005 - Live in Paris 05
2007 - San Siro 2007
2009 - Laura Live World Tour 09
Coletâneas
1995 - Laura Pausini
2001 - The Best of Laura Pausini: E ritorno da te / Lo mejor del Laura Pausini: Volveré junto a tí

DVDs e vídeos
1999 - 1993-1999 Video Collection (VHS)
2001 - Live 2001-2002 World Tour
2005 - Live in Paris 05
2007 - San Siro 2007
2009 - Laura Live World Tour 09 / Gira Mundial 09

8 comentários:

  1. digna e merecida homenagem ... adoro esta mulher, sua voz e seu repertório

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  2. ai, não consigo gostar dela... não sei...
    besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um a mais ou um a menos naum faz diferença nos fãs dela oke naum são poukos

      Excluir
  3. ===

    Gosto. Não pouco...
    Fazendo uma visitinha por aqui...

    ===

    ResponderExcluir
  4. Queridos Paulo,Mauri e Farelos:

    Obrigado os comentários. Gosto é uma coisa muito particular mesmo, cada um tem o seu não é mesmo?rsss Eu não consigo gostar de heavy metal pesado demais...rs e assim caminhada a humanidade. Bjssss e linda semana.

    ResponderExcluir
  5. Adoroooooo ela.
    Tem uma voz perfeita, suave.
    Lindona.
    =D

    Beijooooo

    ResponderExcluir
  6. ===

    Heavy metal?!? [Não, obrigado]

    Vai uma bossa-nova aí?

    P.S.: Grato pela visita!

    ===

    ResponderExcluir
  7. Queridos Flavih e Farelos:

    Obrigado os comentários. Eu não consigo me imaginar em um show de heavy metal....afeee..rs
    Bossa-nova pódiiiiiii...adorooooo
    Bjsss.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.