9 de jul de 2010

DIGNIDADE HUMANA? ONDE COMPRA?

Por mais que desejemos em alguns momentos fechar nossos olhos para a constante violência que nos cerca é praticamente impossível não ficarmos aterrorizados com o grau de violência que somos diariamente submetidos. Quando assisto perplexo as reportagens nos noticiários de TV, logo penso nos milhões de pais e mães que tentam criar seus filhos de forma digna e que lutam para que as crianças não se deparem tão cedo com um mundo tão cão, tão impiedoso e cruel. Quando se tem condições de pagar uma assinatura por uma tv paga as crianças podem ter acesso a vários canais infantis, mas e quando não se pode pagar?

Ontem qualquer canal da tv aberta que se zapeasse só dava o caso Bruno. A cada momento vinham á tona novas informações e o desfecho parecia mais um roteiro de filme de terror. Um trecho da matéria que estava assistindo me deixou estarrecido : “Um homem conhecido como nenêm deu uma chave-de-braço na vítima conseguindo assim sufocá-la e quando a mesma já estava praticamente desmaiada, a jogou em um canil com 4 rottweillers. A vítima foi encontrada desossada e o que restou foi concretado. O que falta acontecer a humanidade? Até onde veremos de forma passiva o Brasil e o mundo se deteriorando e não nos indignaremos e iremos ás ruas EXIGIR que não nos roubem a dignidade? As pessoas estão se acostumando com a banalização da vida. Assistimos estas cenas de barbárie e nos chocamos hoje, mas amanhã é outro crime, é outra vítima e tudo vai entrando no rol dos esquecimentos. Ontem foi Isabella, hoje Mércia, Eliza,e amanhã? Quem estará estampando os jornais? O sangue de quem será derramado?

A sociedade precisa com urgência rever a sociedade. As leis precisam punir exemplarmente quem mata por matar. Lugar de assassino é na cadeia e não vivendo tranquilamente entre nós. Quem tem que ser punido, precisa ser punido MESMO, não pode ficar apenas uns 4,6 anos na cadeia e depois ser solto por “bom comportamento”. Aonde vamos parar? Filha matando pai, filho matando pai,mãe matando filho,pai abusando e engravidando filha, gente sendo torturada e morta pelos órgãos que deveriam proteger.O que falta acontecer meu Deus? Até onde a sociedade vai agüentar tanta violência sem se rebelar.Milhares de pessoas inocentes morrendo ano após ano.Pais de famílias,universitárias,crianças que perdem famílias inteiras...o que falta acontecer que choque de fato a sociedade? Onde estão os valores pela vida? Somos obrigados a conviver com esta sociedade doente,agonizante e sem limites? Precisamos encontrar uma forma de nos rebelar contra isso.Encontrar uma forma de exigir que os governantes façam valer o direito a segurança e bem estar. Você pode colocar muros de 4 metros de altura,alarmes,cerca elétrica,andar em carro blindado,com seguranças,usar helicóptero?Eu não posso, mas até mesmo os que podem não estão a salvo de levarem uma bala perdida, serem seqüestrados ou terem a casa violada mesmo com todos os recursos disponíveis. Quem sai prejudicado com tanta violência somos todos nós, a sociedade que vê aterrorizada e paralisada a violência diária a que somos submetidos sem saber o que fazer para modificar uma situação de total falência das leis e da vida humana.

Quantas Isabellas, Mércias e Elizas terão que morrer para a sociedade EXIGIR as mudanças que se fazem tão necessárias? Meu blog é um espaço de alegria, confraternização, poesia, música ( todas as manifestações artísticas são superbem-vindas) mas acima de tudo um espaço de profunda reflexão sobre o meu,o seu, o nosso papel na sociedade, pois fazemos parte dela de forma ativa ou passiva, mas precisamos trazer para nós a responsabilidade de cobrar das autoridades medidas energéticas contra essa matança indiscriminada de pessoas inocentes que perdem suas vidas por motivos torpes.

Desculpem o desabafo, mas eu me sinto profundamente sufocado de tanta violência e descaso das autoridades com a vida. Precisamos de alguma forma nos engajarmos, unir forças e EXIGIR que crimes sejam punidos de forma rigorosa pois o que percebo em casos como dessa moça que foi morta de forma tão cruel e indigna é que a vida não está valendo absolutamente nada.

Obs: Enlutado pela humanidade (que anda tão desumana)

Texto: Edilson Cravo
Ilustração: Pierre Willemin

12 comentários:

  1. Belo desabafo, parabéns. É a primeira coisa nova que leio sobre o tema em dias!!! Eu concordo que devemo exigir que se faça algo, a até devemos fazer mesmo, começar com pequenas atitudes, chatices e gastos com segurança para tentar coibir esse tipo de acontecimento... enfim. Mas, como já escrevi sobre, não acho que ficar explorando de forma comercial para consegui ibope, ou disputar que tem mais "exclusivas" de delegados seja a solução, a TV pode e deve repercutir esses casos, para que todos saibamos, mas sem repetições desnecessárias, sem vulgariza-lo, senão torna-se cotidianismo, e graças a Deus ainda não chegamos a esse ponto. Não sei como é ai, talvez por ter acontecido em SP, sei lá, mas aqui não se fala em outra coisa, temos nosso vice-presidente internado e ainda encontramos cenas de Bruno dentro da prisão fazendo necessidades básicas, pelo amor né. Sem vulgarizações do acontecimento, sem exposições desnecessárias das famílias que já tanto sofrem. Precisamos melhorar nosso jornalismo também, enfim, desculpe por desabafar em cima do seu desabafo hehe, mas fico muito contente em ouvir algo NOVO sobre esse assunto!!! Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente dignidade humana não se compra e nem sei ao certo se algumas pessoas iriam querer. Se por um lado temos verdadeiros monstros na sociedade, temos a mídia que adora mosntrar estes monstros. Não é de hoje tudo isto, né?! A política do pão e circo de Roma ainda continua nos dias de hoje, mudaram-se os personagens apenas, como sempre muda.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. o SER humano perde a cada dia a sua humanidade ... um dos responsáveis por isto com certeza é a mídia que, troca o valor da informação pela banalização ...

    parabéns

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. o caso bruno mostra o quanto o dinheiro pode corromper uma pessoa. hoje vendo a entrevista com sua avó materna percebe-se sua origem humilde assim como tantos outros jogadores que vem de baixo. infelizmente ele se envolveu com as pessoas erradas. achou que o poder que ele desfrutava era eterno.
    enfim, vai saber o que se passa numa mente corrompida.
    ele é infelizmente mais um. mas serve para reflexão de que isto pode parar!

    lindo post querido
    abração

    ResponderExcluir
  5. Com certeza meu querido!
    Não tem como ficar calado em meio a tanta maldade que se vê por ai a solta..
    Hj falava com uma amiga minha como a maldade está prática e as pessoas mtas vezes consentem com td isso..
    Não podemos!
    Merecemos sim a dignidade de filhos de Deus e trabalharmos para que sejamos mais felizes e torcemos ainda por uma sociedade mais digna e humana.
    Bjo meu caro!
    Aparece!

    ResponderExcluir
  6. Queridos:

    Renato: Precisamos fazer com que esses desabafos tornem-se uma rotina em nossas vidas e que consigamos reivindicar por uma sociedade mais justa e equilibrada.Obrigado o carinho de sempre...abraços.

    Três Egos - Estamos vivendo uma época estranha e sombria de muitas mudanças negativas na humanidade.Precisamos com urgência rever os valores da sociedade se quisermos ter um futuro melhor.Lindo fim de semana...abraços.

    Paulo - Concordo com você, mas acho que a mídia de uma certa forma nos gera também o sentimento de indignação uma vez que viabiliza as informações que recebemos no dia-a-dia.Essa discussão é muito ampla e complexa.Lindo fim de semana...abraços.

    Serginho - O que parece que está havendo de uma certa maneira é um despertar da sociedade para que crimes hediondos sejam punidos exemplarmente.Precisamos lutar por leis mais severas, pois só assim teremos uma sociedade mais justa.Lindo fim de semana....abraços.

    Tiago - Todos estamos cansados de ver a vida ser tão desvalorizada e tratada apenas como artigo de jornal.Vamos lutar por leis mais duras e que a sociedade consiga se engajar não só em época de Copa ou carnaval.Lindo fim de semana...abraços.

    ResponderExcluir
  7. Eu já me petrifiquei.

    Não me abalo mais com nada disso. E ainda me irrita a forma que a imprensa trata insistentemente alguns casos... morreu, morreu! Se foi ataque do coração, baleada, esquartejada, nada vai mudar esse fato. Prendam e julguem o traste culpado, mas sem estardalhaço por favor!

    O mundo não para...

    Beijos Edilson!

    ResponderExcluir
  8. Desculpar pelo desabafo!!?
    Por que? Quantos de nós estamos com tudo isso entalado, quantos de nós indignados com uma "des-humanidade" em ascendência. As vezes me dá medo, nós somos sim os mais perigosos seres nesse planeta. Onde chagamos? Acho que um dia a Terra vai se cansar de nós e assim com varreu os dinoussaros de sua face, há fazer conosco... as vezes penso que só sem os humanos a terra terá novamente equilibrio.
    Amigo parabéns! Estou de volta, não estive bem ultimamente, mas estou de pé!
    Bju
    Jay

    ResponderExcluir
  9. O seu blog é um espaço para vida, e a vida muitas vezes é cruel. Muitas vezes quando vou deitar no aconchego do meu lar, da minha cama eu penso, neste exato momento em algum lugar, existe um homem batendo em uma mulher, uma pessoa agredindo outro, um jovens se drogando, um casal brigando, uma criança sofrendo, um animal sendo maltratado por puro capricho.... e sei que existe um mundo de terror.

    Nossas leis são brandas, mas a vida não abranda ninguém!

    Realmente temos visto na TV coisas que antigamente só achavamos que acontecia em outros países... mas o Brasil esta aprendendo rapidamente e as leis não estão acompanhando a violencia no mesmo ritmo.

    Agradeço a Deus por não fazer parte de um grupo tão exposto a essas violencias, mas a realidade é que ninguem esta livre.

    Por isso antes de colocar um filho no mundo tem que pensar muito.

    Abçs

    ResponderExcluir
  10. Morri com essa violencia estampada na nossa cara diariamente!!!
    Abraçooo!!!

    ResponderExcluir
  11. Não tem que pedir desculpas pelo desabafos, temos que realmente colocar e estampar a nossa revolta com a sociedade.

    Sabemos que somos passivos nessas situações e infelizmente somos a minoria (199.000.000) e a maioria que detem o poder - o governo (1.000.000?!?!?)

    Como podemos cobrar algo da sociedade se os nosso próprios governantes são os roubam e o que matam pelo poder...

    Tenho a triste notícia para te dar. Isso não vai parar e a tendência é piorar a cada dia. Porque o valor da vida não é nada, mas o poder é tudo!!!

    Teremos a oportunidade de mudar algo em outubro. E o que vai acontecer?!?! O povo quer a mesmice, o povo quer apenas se alimentar e nada mais. É a lei da sobrevivência. Cada um por si e Deus por todos!

    Não estou sendo pessimista e sim completamente realista e enxergando a verdade, porque se passaram alguns anos e a impunidade permanece.

    Temos que apenas a conviver com isso. Quando alguém morrer dizer apenas que é a vida! E que devemos continuar a caminhar....

    Abs :-)

    ResponderExcluir
  12. Queridos:

    Lobo - Infelizmente estamos aprendendo a conviver com a banalização da violência de uma certa forma de maneira "pacífica" desde que não nos atinja né?Essse é o grande perigo que estamos sujeitos, ficarmos petrificados e omissos do nosso papel na sociedade.Abraços e linda semana.

    Jay - Oie querido, que bom que reapareceu.Espero que tudo esteja bem melhor agora.Bem eu também acredito que algo de muito ruim vá acontecer a humanidade até para que as coisas voltem para seus devidos lugares.Enfim vamos esperar para ver o andamento da carruagem né?rs.Linda semana...abraços.

    Marcos - Utilizo esse espaço como uma forma de pode expressar minha indignaçaõ e vomitar coisas que estão entaladas na garganta e representam toda a minha insatisfação com o descaso da segurança e outros setores que estão em péssimo estado.A máquina está falida, o sistema corrompido e devemos exigir melhoras,pois pagamos muitos impostos não é mesmo?Linda semana...abraços.

    Vanderson - Morremos todos meu caro, todos mesmo.Linda semana...abraços.

    Binho - Eu concordo com muita coisa que disse, mas acho que todos juntos somos capazes de transformar o nosso micromundo em coisas bacanas.Aquela historinha de "só uma andorinha não faz verão" entende? Cada um, mesmo no pequeno gesto, impulsiona gestos maiores.Linda semana...abraços

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.