6 de dez de 2010

LUA ENTREVISTA

O Lua entrevista a autora Georgette Silen, especializada em literatura fantástica, que escreveu o livro Lázarus, narrando a história de amor entre uma humana e um vampiro. Apesar de hoje em dia serem recorrentes livros que abordem o tema "vampiro", Lázarus nos surpreende com uma história envolvente, cheia de suspense e reviravoltas. É com muita alegria que publico a entrevista que Georgette me concedeu. Espero que todos vocês a apreciem também e busquem conhecer o belo trabalho que a escritora vem desenvolvendo.

Linda semana e grande beijo a todos!


Georgette Silen é escritora de ficção e fantasia, possui contos publicados nas antologias Dimensões.Br e Marcas na Parede da Andross Editora, organizou a antologia O Grimoire dos Vampiros pela Editora Literata, participa da Antologia Folhas de Espantos, da Editora Don Munhoz e da antologia Metamorfose: Fúria dos Lobisomens e Poe 200 Anos da Editora All Print, Paradigmas 4, da Tarja Editorial, Sombrias Escrituras da Cidadela Editorial, é autora convidada da Coleção Extraneus, promovida pelo site Estronho e Esquésito, organizadora da Coletânea Histórias Fantásticas da Cidadela Editorial e lançará seu primeiro livro solo em 2010 pela editora Novo Século.

Contatos imediatos com a autora: missgette@yahoo.com.br



1) De onde veio a inspiração para escrever "Lázarus"?
Olá a todos os leitores do blog e a você Edilson, é um prazer fazer essa entrevista para vocês.
Bem, a idéia do Lázarus surgiu de um sonho que tive com uma cena do livro. O sonho ficou me rondando alguns dias. Paralelo a isso eu estava fazendo uma pesquisa sobre tipos de vampiros no mundo e acabei juntando meu projeto com a inspiração dada pelo sonho. A princípio eu não pensava que seria uma história longa, mas o ritmo foi acelerando e os fatos crescendo, sendo amarrados a acontecimentos anteriores e futuros e a Saga nasceu.

2) Quem você imagina interpretando no cinema seus protagonistas Laura Vargas e Robert Fevré?
Nossa, essa pergunta é legal, rsrsrs. Querendo ou não você sempre acaba imaginando seu trabalho literário transformado em filme, e comigo não foi diferente. Alguns personagens eu tenho em mente, como por exemplo, James Franco (o Harry Osborn, de Homem-Aranha), fazendo o dramático Robert Fevré. A personagem Laura, a principio, eu não visualizo, pois teria que ser uma atriz com raízes latinas e européias e fica difícil achar alguém ideal atualmente.

3) Como foi seu processo de construção do livro?
Demorado, rsrsrs. Escrever é sempre um ato solitário e deve ser constante. Eu trabalhava cerca de 6 a 8 horas diárias no original, às vezes madrugada a dentro. Tenho um roteiro de trabalho que procurei sistematizar para otimizar o tempo e não criar distrações, então cada etapa é importante. Mas foi gratificante e me abriu várias portas para mais trabalhos que tenho em mente e que em breve estarão disponíveis ao leitor.

4) A que você atribui o sucesso da literatura fantástica em todo o mundo?
Trabalhar com o imaginário de tal forma que ele nos pareça real quando lemos. O sucesso da literatura fantástica está no pressuposto de que a “vida real” acaba sendo desinteressante. São problemas, dívidas, trabalho, escola, obrigações, e pouco nos resta de fantástico no dia a dia. Então, poder desfrutar de uma história onde você se imagina vivendo fatos inusitados é uma forma de colocar o imaginário em seu mundo, e isso atrai. Lembro que minha filha mais velha acreditava piamente que, aos doze anos, receberia uma carta e iria para Hogwarts, rsrsrs. Esse é o poder da literatura fantástica.

5) O bem vence sempre o mal?
Bem e mal são intrínsecos, não existem sem o outro e convivem no mesmo ser. O que vence é o caráter, nem sempre tão bom ou tão mal quanto queremos. A literatura usa o conceito de bem e mal para alertar, muitas vezes, para possíveis caminhos e escolhas que cada um tem. Nesse estágio acredito que o caráter de cada um determina qual dos seus lados mais fortes pode dominar e determinar os atos.

6) Pode nos revelar um futuro projeto ou ainda é segredo?
Tenho três projetos que podem ser revelados por hora. O primeiro é a continuação do Lázarus, que já esta com a Editora Novo Século em produção. Também tenho mais um livro, esse de contos vampíricos, que será lançado em abril de 2011, chamado APENAS UMA TAÇA – UM BRINDE AO MESTRE STOCKER. E também outro livro solo chamado O CAÇADOR DE DEUS E OUTRAS HISTÓRIAS AO CAIR DA NOITE. Ambos os trabalhos serão lançados pelas editoras Estronho e Literata respectivamente.

7) Como tem sido a receptividade dos leitores?
Das melhores =)
Quando se lança um livro nosso termômetro são os leitores, não os críticos ou especialistas. E o contato com eles tem sido a melhor possível. Eles mandam e-mails, deixam scraps no face ou Orkut e até mandam e-mail para a editora, perguntando coisas, rsrsrs
Adoro essa receptividade.

8) Qual seu público alvo?
Acredito, pelo retorno que tenho, que o público adolescente, jovem adulto e adulto são meus principais leitores. Mas pretendo lançar um trabalho para o público infanto-juvenil no futuro.

9) Quando você sentiu que era uma escritora? Quando despertou para esta realidade?
Ser escritor, pelo menos para mim, não foi algo sentido. Eu comecei com uma vontade e não parei mais. Acho que o insight maior foi quando alguém me disse: você é escritora. Aí sim a ficha caiu, rsrsrs

10) Deixe uma mensagem aos leitores do Lua.
Galera, muito obrigada por essa oportunidade de conversar com todos vocês. Quem quiser entrar em contato pode fazê-lo pelo email missgette@yahoo.com.br, seguir no twiter @georgettesilen, face e Orkut como Georgette Silen. No Orkut tem a comunidade do livro Lázarus e seria uma honra ter vocês por lá.
Abraços e obrigada.

8 comentários:

  1. Olá menino
    Adoro literatura fantástica. Não conhecia a autora. Valeu pela dica.
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Querido Wanderley, eu não era fã do gênero até ler o livro da Georgette - rs. Abração e linda semana.

    ResponderExcluir
  3. sempre bom conhecer gente q vale a pena ... parabéns Edilson por compartilhar ...

    bjão a vc e a ela

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. Oi Edilson, que legal essa entrevista, não a conhecia.
    Beijos querido.

    ResponderExcluir
  5. Queridos:

    Paulo, espero q aprecie a dica! Realmente Lázarus é um livro superagradável de se ler. Abraços e linda semana.

    Majoli, fico feliz q possa sempre estar apresentando aos amigos do blog coisas legais. Bjão, amiga.

    ResponderExcluir
  6. Olá queridão!
    Simplesmente adorei, eu adoro as suas entrevistas, beijo, beijo para os dois!

    ResponderExcluir
  7. Oi Edilson
    Muito obrigada pelo espaço dessa entrevista e obrigada aos comentários de todos.
    Fiquem a vontade para entrar em contato comigo se quiserem.
    abraços
    =)
    Georgette Silen

    ResponderExcluir
  8. Queridas:

    Sheilinha - Obrigado pelo carinho de sempre. Mto bom te-la por aqui.

    Georgette - Para o Lua foi um privilégio ter alguém tão especial ilustrando o blog. Beijooo.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.