13 de jan de 2011

UM POUCO ALÉM DE MIM


  Quando me deparo com a brevidade das coisas
  Me questiono sobre o que fica?
  Que lembranças deixarei?
  Que marcas ficaram gravadas ou não?
  Que força tem a palavra de afeto que dediquei?
  Será que se lembrarão do belo em mim?
  Da vontade de contribuir nem que de forma tímida com algo de bom?
  Que paisagem deixarei nos corações solitários ou não?
  Sempre tive e tenho um compromisso com a reflexão
  O que faz chorar, rir, emocionar
  Vontade de mexer no que está quietinho
  Provocar, argumentar e confundir
  Me apaixonei pelas letras ainda criança
  Mas não tenho pretensão de ser um literato
  Catedrático, um doutor das letras
  Prefiro ser doutor das emoções
  Contidas, rasgadas, empoeiradas
  Não tenho pretensão de ser maior
  Que um sorriso em um rosto cansado
  Que uma lágrima desnuda de qualquer preconceito
  Que a sincera necessidade de levar algo a você
  Fico pensando o que poderia me sintetizar?
  Emotivo, carente, alegre, brigão, intenso, triste
  Dias de sol
  Dias de profunda solidão
  Dias de um eterno verão
  Momentos de pura introspecção
  Tudo isto é lindo e único e é hoje
  Amanhã não sei de mim
  O que tenho é o agora e suas esperanças
  Sou um amontoado de lembranças
  Fotos, sonhos, pessoas, multidões
  Lembranças cristalizadas em um algum lugar de mim
  O que fica de fato?
  Um pouco além de mim
  Em algum lugar aonde existe o "eu não sei"

Obs: Momento chuvoso da alma mas depois da chuva, vem o sol.

(Imagem retirada do Google Imagens)

8 comentários:

  1. Lindo e reflexivo e por vezes, as nuvens são legais pois depois valorizamos mais o sol que chega!!! abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. Texto excelente.

    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  3. sim ... por detrás das nuvens o céu continua azul!

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. Em mim você deixou marcas profundas, de alegria, de carinho, de amizade...
    Sua palavra tem força de mexer com meu interior, de trazer a tona o que eu mantive guardado, por medo, por insegurança, por não acreditar em mim mesma...
    A paisagem que você deixou em meu coração, foi de sementes plantadas com tanto carinho, que delas nasceram lindas flores, que colorem os meus dias, que me fazem feliz...

    O que fica de fato?
    Fica a certeza de que você fez a diferença, que você acrescentou algo de bom...que você abriu portas e janelas e mostrou como o sol pode ainda brilhar, mesmo em corações já sem esperanças.

    Agora, eu digo, em mim também existe esse "eu não sei", mas aos poucos a gente vai descobrindo, vai escancarando e se encontrando.

    Amo você.
    Amo te ler.
    Beijos enormes, lotados de saudades.
    Sabe que nunca imaginei que sentiria tanto sua falta?
    Pois bem, estou sentindo, viu?
    :)
    Se cuide, você é muito importante pra mim.

    ResponderExcluir
  5. Edilson, como você não foi mais no meu blog, nem viu a postagem que fiz pra ti em especial.
    Depois vai lá ler, tá?
    Beijãozão.

    ResponderExcluir
  6. Matou a pau, Edilson!
    Como de cistume, claro!
    Tá. Páro de reclamar! Hehehe!
    Hugz!

    ResponderExcluir
  7. Queridos:

    Mais do que nunca AGRADEÇO do fundo da alma o carinho que dedicam a mim, meus amigos tão especiais.

    Chica - Muito obrigado por sua palavras tão carinhosas, fico extremamente gratificado em tocar tua alma. Bjoooo.

    Hugo - Obrigadíssimo por sempre dedicar palavras tão tenras a mim. Lindo fim de semana. Abraços.

    Paulo - Cabe a nós todos irmos em busca do sol atrás da nuvem. Brigadíssimo por seu carinho eterno. Abraços apertados.

    Majoli - Puxa, ganhei meu dia, minha semana, meu mês. Que linda declaração de amor. A melhor coisa que aconteceu hoje foi encontrá-la por acaso (será mesmo???rs). Acho mesmo que Deus a colocou em meu caminho. Obrigado por sua amizade, por sua dedicação e por seu amor. Tudo de mais maravilhoso do mundo pra ti e pros filhotes. Te amooooo.

    Fred - Obrigado meu eterno entusiasta. Sempre que por aqui aparece é para me deixar uma palavra quente e de aconchego. Abraços afetuosos.

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu poema querido!

    Beijo!

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.