10 de jun de 2012

AMAR SEM CULPAS

Entre braços e pernas
Não sei mas quem sou eu
O que é meu
O que é seu
Entre abraços e afagos
Não sei onde acaba meu corpo
E começa o teu
Só sei que acho minha redenção em seus braços
Me acabo entre os lençois
Perco o rumo e a direção
Perco o resto do juízo que me restava
Abro a janela e deixo a lua invadir o quarto
Deixo a vida entrar com sua força e beleza
Deixo as estrelas serem cúmplices do nosso amor
Amor- bolero
Amor -menino
Amor dos justos
Quem ama precisa de cúmplices
Precisa de testemunhas oculares
Somos um pouco exibicionistas
Queremos esfregá-lo
Na cara dos babacas
Na cara dos falsos moralistas
Na cara dos infelizes que teimam em ditar regras
Faça isto e não faça aquilo
Eu quero é o prazer de amar sem culpas
Pro inferno os malditos puritanos e fiscais da vida alheia
Queimei há muito tempo as amarras que me faziam queimar
Queimei há muito tempo as vendas da ignorância
As amarras que não me deixavam querer, me querer
Eu me amo, e você se orgulha do seu preconceito?


Linda semana a todos. Lindo dia dos namorados (solitários ou não), o primeiro amor começa em nós e se desencadeia para o próximo.

15 comentários:

  1. humm muito inspirador, pena que não tenho com quem passar o dia dos namorados ehehehehe
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Nossa, devo dizer que gostei muito do seu texto, rapaz. Infelizmente passei o dia dos namorados abraçado comigo mesmo, envolvido comigo, e só comigo, mas também vale a pena, não é?!

    Feliz dia dos namorados pra você também "(sozinho ou não)"

    ResponderExcluir
  3. feliz dia dos namorados.

    ResponderExcluir
  4. Quase não prestei atenção por causa da foto. me gustaaa... kkk

    ResponderExcluir
  5. Lendo este post, lembrei do Mário Quintana. Enquanto você quer escancarar o seu amor, a sua felicidade, Mário disse:

    BILHETE
    "Se tu me amas, ama-me baixinho
    Não o grites de cima dos telhados
    Deixa em paz os passarinhos
    Deixa em paz a mim!
    Se me queres,
    enfim,
    tem de ser bem devagarinho, Amada,
    que a vida é breve, e o amor mais breve ainda..."

    Grande abraço e feliz dia dos namorados pra nós (como se eu tivesse namorado...kkkk) Beijos.

    ResponderExcluir
  6. "o primeiro amor começa em nos e desencandeia para o proximo" - otimo conselho

    ResponderExcluir
  7. Amei o começo do texto. No meio do texto houve uma mudança temática brutal. Coisas de quem escreve com sentimento e,às vezes, outro sentimento se intromete, ne? risos! Mas gostei mais do início do texto e da frase de amor sobre o dia dos namorados. Tudo de bom para ti! P.S.: Não liga para o que o povo pensa não amigo! risos! bjs

    ResponderExcluir
  8. Amor e culpa nunca rimaram. Arrasou, hero-friend! Hugzones!

    ResponderExcluir
  9. Queridos:

    Bratz - O amor tem que ser livre pra poder respirar. Linda semana. Abraços meu amigo.

    Frederico - Por que você não se dá um presente? Faz um bem pra alma..rs. Linda semana. Abraços.

    Carlos - Com certeza. Você é sua melhor cia sempre. Linda semana. Abraços.

    Foxx - Obrigado meu amigo. Abraços e linda semana.

    Raphael - Mas este menino anda com a libido a toda hein....kkkkkkkkkkkkkkk. Linda semana. Abraços.

    J.M - Que linda citação de Quintana ( com certeza enfeitou o Lua com esta beleza). Lindo dia dos namorados pra todos nós solitários ou não. Abraços e linda semana.

    Mauri - Num é???rsss Linda semana. Abraços.

    Luiz - Ebaaaaaa você apareceu no Lua..rs. Eu mudo conforme o vento muda, mudo sempre, o tempo todo...rs. Há muito tempo não ligo pra pessoas pequenas e infelizes..rs. Linda semana meu querido amigo. Beijoo.

    Fred - Yeahhhhh...rs Linda semana queridon. Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Chá de Pica??!? Hummmmmmmm... Já tomastes? Hahahahahahahaha! Hugz, my hero-evil-friend!!!!

    ResponderExcluir
  11. Querido Fred:

    kkkkkkkkkkkkkkk abaphaaaa....rs.

    ResponderExcluir
  12. Demorei, estava "voando" (kkkkk) complicada as distâncias e os lugares por aqui! Eu não vou falar que seu texto é lindo... juro... 3, 2, 1... é maravilhoso! Pronto! Você é tão exato... eu leio e fico pensando: como pode alguém escrever assim dessa forma tão densa e ao mesmo tempo lírica?

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Querido Cesinha:

    Fico muito envaidecido com suas palavras. Obrigado pelo carinho de sempre. Na verdade escrever pra mim é algo tão natural e espontâneo que nem sei mensurar os elogios que me fazem. Minhas escrita é intuitiva mesmo. Abraços grande menino voador...rs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Edilson... escolhi esse poema para me registrar aqui. Já havia dado uma espiada no seu blog..umas 2/3 vezes... rsrs.
    O poema é lindo, exala paixão, liberdade, loucura. Me sinto assim...internamente!
    Gracias por estar no Ponta de Punhal". Navegaremos juntos por novas paragens. Alguns amigos estão indo, outros chegando.
    Abraços

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.