13 de jun de 2012

VISIBILIDADE?



Aconteceu no domingo dia 10/06 a 16edição da Parada do Orgulho GLBT de SP. Já é um dos maiores eventos do calendário da cidade de SP e a tornou-se a maior parada do mundo. Muitos comentam que a finalidade principal da manifestação foi perdendo seu verdadeiro foco que é a luta, pois o que vemos mesmo é uma quantidade absurda de pessoas se beijando, pegando, bebendo até cair e outra coisitas mais...rs. Na verdade acho que o tom político é pouquíssimo abordado e dão um valor exagerado a festa em si. È importante? Sem dúvida alguma. Participei durante 10 anos e posso dizer que antigamente não tinha a cabeça que tenho hoje, antes pensava como a grande maioria que era se acabar na festa, beijar, beber e zoar todas, mas hoje percebo que a verdadeira importância é a de conquistar e assegurar nossos direitos.

Preciso ressaltar aqui as brilhantes reportagens dos programas CQC(Band) e A Liga( Band) que mostraram a manifestação com respeito e dignidade. Diferentemente do Pânico que sempre mostra o lado circense e bizarro da coisa, eles foram de um profissionalismo incrível. Mostraram as drags queens, mas também mostraram pais e seus filhos, avós, casais héteros (os simpatizantes), enfim mostraram a sociedade. Achei muito bonito o exemplo de um casal gay que teve uma filhinha através da reprodução assistida (in vitro). Nela o casal entrou com o material genético (os espermatozóides) e uma prima de um deles entrou com o óvulo. Bonito perceber que novas formas de famílias vão sendo construídas e formatadas, fico feliz em perceber que as pessoas estão lutando pelo direito a ter suas famílias sem se preocupar com o julgamento alheio.

Gostaria também de agradecer a participação (pra lá de especial) da cantora Fafá de Belém que expressou com muita coerência e integridade sua opinião sobre a união homoafetiva e a luta pela criminalização da homofobia. Fafá, foi inspirador ver as coisas que disse a toda comunidade GLBT. Fiquei mais fâ de você do já era.

Preciso também demonstrar a minha total indignação ao deputado federal Jair Bolsonaro. Retrógrado, preconceituoso e homofóbico. Ele disse que o que queremos é visibilidade, sermos uma classe superior, queremos mais direitos, queremos tratamento diferenciado. Não Sr Bolsonaro, queremos RESPEITO, queremos visibilidade para sermos ENXERGADOS, termos nossos direitos assegurados pela Justiça, queremos ser lembrados não apenas na hora das eleições, mas também queremos que a sociedade aprenda a conviver com as diferenças, queremos que parem as agressões aos travestis, aos transexuais, as lésbicas, aos gays, queremos enfim viver em uma sociedade que nos garanta o direito de ir e vir e exercitar plenamente a nossa cidadania.

Cura pra homofobia? Tem sim, educação de base em todos as escolas deste país (de tantas injustiças e corrupção) e criminalização da homofobia., afinal de contas pagamos impostos altíssimos, consumimos, produzimos, trabalhamos e VOTAMOS não é mesmo, Sr Bolsonaro???

Linda semana a todos. Beijooos.

Obs: Imagem retirada do Google Imagens.



11 comentários:

  1. sempre existem os dois lados querido ...

    boa viagem ao Rio e aproveite mesmo sendo corrida ...

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Eu não acredito que perdi a Fafá, onde foi isso?

    Cara, uma sugestão, mais palpite na verdade: tem que parar de falar desse senhor deputado. Seu post chama "Visibilidade", e acho que quanto mais se fala desse homem, mais visibilidade se dá a um boçal sem precedentes. Acho que pra falar desse homem tem que ser igual falar daquele grupo do crime organizado com 3 letras que não se fala mais o nome em jornais pra não dar visibilidade, sabe como?

    Não digo que temos que ignorar a existência desse imbecil, por mais que eu adorasse isso (porque ignorar pode ser perigoso). Mas penso que podemos falar dele, quando for muito indispensável, sem citar o nome. Vamos falar da Fafá, por exemplo, pq essa sim vale a pena! (ainda posto sobre o dia que tomei cerveja com ela, hehehe).

    Ótimo seu relato, bacana mesmo.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. "Muitos comentam que a finalidade principal da manifestação foi perdendo seu verdadeiro foco que é a luta, pois o que vemos mesmo é uma quantidade absurda de pessoas se beijando, pegando, bebendo até cair e outra coisitas mais...rs. Na verdade acho que o tom político é pouquíssimo abordado e dão um valor exagerado a festa em si."

    vc, uma pessoa tão inteligente, comprando esse discurso? A PARADA É UMA FESTA! a luta acontece todos os outros dias do ano; a discussão política deve ser feita dentro dos locais cabíveis, gabinetes, congresso, senado, não na rua; a parada de orgulho gay de São Paulo é uma festa para comemorar o orgulho ora, então é um lugar sim para haver muito beijo sim, pegação e bebida, pq gays são exatamente igual a heteros e comemoram exatamente do mesmo jeito.

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto da festa, gosto das pessoas e só não gosto dos heterossexuais que vão só para pegar as menininhas. Pra mim é tudo diversão e política. Existem aqueles que querem bagunçar, mas tb outros, como nós que vão para fazer parte. Isso sim é importante pra mim.

    bjão, gato

    ResponderExcluir
  5. Eu também vou com o Wans (que eu ainda não conheço) e com o Foxx. Eu não acredito que uma "parada" possa ser uma demonstração política. Ficaria, inclusive, muito chato. Eu nunca fui, mas sei que também existem os "exageros" e os que querem aparecer. Mas isso é em todo lugar. Como eu não estou aí eu ainda não entendi algumas noticias que leio que o público diminuiu drasticamente. É verdade?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti a parada desse ano pela TV, tive a oportunidade de ir em algumas aqui no RJ (me considero uma simpatizante, pois apoio a causa, acho que sim os homossexuais devem ter o direito ao casamento, adoção de filhos, serem respeitados e de serem felizes), mas infelizmente nem sempre os direitos são discutidos. O importante é que ao longo do tempo, a situação aos poucos tem melhorado. Infelizmente, ainda existe o preconceito (como Jair Bolsonaro)e a homofobia.
    Então, continue lutando pela sua causa, não desista. Mesmo que outros não sejam tão assim ativistas ;)
    Grandes beijos e uma ótima semana, Volte sempre querido =D

    ResponderExcluir
  7. Queridos:

    Como diria Jack - O Estripador...vamos por partes...rs.

    Bratz - Os 2 lados são importantes inegavelmente, mas a luta continua no dia seguinte não é mesmo?rs Abraços meu amigo.

    O Humberto - Achará o programa na íntegra no Youtube basta procurá-lo. Foi A Liga da Band desta segunda-feira dia 11/06.
    Fiquei curioso em saber desta sua história com a Fafá (megacurioso...hahahaha).
    Abraços e obrigado pelo teu bonito comentário.

    Foxx - Não comprei discurso algum foxito...rs eu na verdade digo logo abaixo das palavras que vc destacou que eu era mais um entre tantos que só queria ver o lado da festa e me esbaldava mesmo...rs. Acho qq forma de manifestação válida desde que dentro dos limites porque acontecem coisas realmente desnecessárias no evento que NÃO precisavam acontecer e eu ADOROOOOO uma festa como bom carioca que sou(seéquemeentende). Abraços rapaz.

    Wans - Perfeito, nem vou comentar...rs. Abraços.

    O Humberto - Disse mesmo, demora pra aparecer..mas quando aparece...rs. Abraços.

    Cesinha - Participei do evento durante 10 anos e posso dizer que acontecem coisas de arrepiar cabelo de careca..(kkkkkkk)..mas a festa é linda, cheia de gente bacana, bonita, engajada, enfim são milhões de pessoas e nao podemos esperar que todos sejam idênticos no comportamento. A festa é linda, necessária e precisa mesmo acontecer.

    Ju - Eu acho muito bacana ler um depoimento como este seu, fico muito feliz quando vejo que tem pessoas vencendo seus próprios pré-conceitos e crescendo como ser humano. Que sempre surjam mais e mais "Jus"..rs. pelo mundo a fora. O maior beijo do mundo pra ti.

    ResponderExcluir
  8. Queridos:

    Sou totalmente favorável a festa. O evento tem uma importância enorme na tomada de futuras decisões, existe um desdobramento depois do evento e sei disso, são eventos desta magnitude que vão garantir dia-a-dia mais conquistas a todos os interessados (ou seja nós).

    Beijooos.

    ResponderExcluir
  9. edilson, dá uma lida nessa postagem que eu fiz ano passado, na mesma época (aqui). inclusive retuitei esse ano de novo. é uma visão comparando brasil e eua nessa questão de 'paradas gay'. acho que a nossa visibilidade, como eu coloquei no título, ainda é desperdiçada.

    podemos melhorar, claro. espero que com o tempo as coisas mudem, mas o clima festeiro dessa 'micareta gay' ainda vai ser difícil de contrariar.

    ResponderExcluir
  10. Querido Railer:

    Vou conferir com calma sua postagem e depois lhe dou um feedback, ok? Abraços e obrigado pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir

O Lua agradece sua visita, volte sempre.